Homem morre ao tentar ajudar subsecretária de SG

Uma tentativa de assalto, na noite de quinta-feira, no bairro Iara, em São Gonçalo, terminou com um homem morto. A vítima, identificada como Vanderlei Lopez de Souza, não era alvo dos criminosos, mas acabou morto ao defender a subsecretária de Urbanismo de São Goncalo, também vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente da OAB de São Gonçalo, a advogada Simone Carneiro, ao pedir que não atirassem nela. Os bandidos fugiram sem levar nada das vítimas.

De acordo com a polícia, dois indivíduos armados se aproximaram em uma moto quando a subsecretária estacionava seu veículo, na Rua Sá Carvalho, próximo ao Espaço Cultural São Jorge, na Brasilândia, por volta das 22 horas de quinta-feira. Os bandidos pediram para que Simone saísse do carro, e na mesma hora, Vanderlei, que era vizinho da subsecretária, percebeu a ação e se aproximou. Em seguida, pediu para que os criminosos não atirassem em Simone – “não atira na moça” – e de imediato, um dos suspeitos disparou contra o peito do vizinho e fugiram sem levar nada.

Vanderlei ainda foi socorrido e levado ao Pronto Socorro de São Gonçalo, onde acabou não resistindo e morrendo.

A Polícia Civil esteve no local e colheu depoimento das testemunhas. Imagens de câmeras de segurança da região já estão sendo analisadas.
Em nota, a Prefeitura de São Gonçalo informou que o Simone parou o carro em frente à sua casa e acionou a abertura do portão eletrônico. Nesse momento, um veículo Palio (a princípio cinza), com três rapazes, parou e um deles desceu, abordando a vítima batendo com a arma no vidro do carro (Nissan March).

O bandido a retirou do carro e assumiu o volante. O vizinho teria se aproximado, aberto a porta do carro e retirado o bandido à força do interior do veículo. Nesse momento, Simone já estava se afastando pela calçada e escutou o primeiro disparo. No desespero, ela começou a bater no portão da casa ao lado pedindo para entrar, quando escutou o segundo disparo, que acertou seu vizinho no peito. Ele foi socorrido, mas não resistiu e morreu no Pronto Socorro de São Gonçalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 17 =