Homem é torturado e morto a tiros no bairro Amendoeira

Augusto Aguiar

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) foram acionados, nesta segunda-feria (12), para a Rua João Capistrano de Abreu, no bairro Amendoeira, São Gonçalo, onde em frente ao número 340 foi encontrado o corpo de um homem, identificado como Carlos André Silva do Espírito Santo, de 36 anos. A vítima apresentava marcas de tortura e tiros na cabeça e peito e as circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas pela polícia.

A polícia apurou que na noite de domingo (11), por volta das 19 horas, a vítima deixou um parente no bairro dizendo que iria ao encontro de uma namorada, não sendo mais visto com vida. Na madrugada de ontem, ao sair de sua casa, um parente da vítima encontrou o corpo de Carlos estirado na calçada, com um saco plástico cobrindo a cabeça e com marcas de tiros. Moradores afirmaram que não ouviram qualquer barulho de tiro no local, o que levou peritos da DHNSG a deduzirem que Carlos pode ter sido torturado e morto a tiros em outro local e depois teve o corpo transportado e abandonado junto ao portão da casa dos familiares. Até a tarde de ontem a polícia apurava o que poderia ter resultado na morte de Carlos, adiantando que a vítima não tinha antecedentes criminais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − dois =