Homem é preso enquanto transportava caranguejos para Niterói

Aproximadamente 500 caranguejos, da espécie Uçá, que tinham como destino final a cidade de Niterói, foram apreendidos na altura do km 399 da Rodovia BR-101, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A ação aconteceu na noite dessa quinta-feira (11) e foi coordenada por policiais rodoviários federais que atuavam na Operação Égide.

O condutor do carro onde estavam os animais foi preso em flagrante. Segundo os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele transportava mais de 500 caranguejos da espécie Caranguejo-Uçá, que atualmente encontra-se em fase de defeso para preservação da espécie, onde é proibida a sua coleta e transporte.

Questionado pelos agentes sobre a carga, o condutor respondeu que receberia a quantia de R$ 1 mil para transportar os animais da ilha da madeira até Niterói. No total, havia 11 sacos grandes com aproximadamente 550 caranguejo em péssimas condições de armazenagem, inclusive na mala do carro.

Ainda de acordo com os policiais, como o motorista não tinha nenhum tipo de documentação que o amparasse para o transporte, foi feito contato com a Prefeitura de Mangaratiba, através do Grupamento de Proteção Ambiental e identificou a espécie como a popularmente conhecida por caranguejo, caranguejo-uçá, caranguejo-do-mangue, caranguejo-verdadeiro ou catanhão.

Foi feita a pesquisa e confirmado pela portaria nº 52/2003 do IBAMA, que a espécie tem controle de captura anualmente de outubro a dezembro. O condutor e o material foram encaminhados para a 50ª DP (Itaguaí), que registrou o caso. Os animais foram devolvidos à natureza logo em seguida. O motorista foi preso em flagrante por crime ambiental e pode pegar de um a três anos de prisão, além de multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − seis =