Helicóptero cai na Baía de Guanabara com duas pessoas

Um helicóptero do modelo Robinson 22, prefixo PR-OEA, caiu no início da tarde desta segunda-feira, dia 6, na Baía de Guanabara, na altura da Praça Mauá, próximo ao Museu do Amanhã. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 14h40. De acordo com a corporação, na aeronave tinha dois tripulantes, um instrutor e um aluno, que escaparam do acidente sem ferimentos.

O helicóptero pertence à empresa de táxi aéreo Omni. Em nota, a empresa informou que os tripulantes eram o instrutor identificado apenas como Marcus e o aluno Thiago, que escaparam aparentemente sem lesões e passam por avaliações médicas.

Por volta de 15h30, equipes dos bombeiros realizavam buscas por terra e no mar, além do apoio de um helicóptero, para tentar localizar a aeronave. A Marinha também participava das buscas.

A Omni afirmou ainda que o “Plano de Resposta à Emergência” foi acionado e há cooperação da empresa com as “autoridades de investigação

Os bombeiros continuam o trabalho para encontrar o helicóptero e retirá-lo do mar. Segundo a Marinha, ao ser acionada, enviou uma equipe de busca e salvamento com três embarcações e uma motoaquática para prestar apoio e garantir a segurança da navegação. O 1º Distrito Naval inforou ainda que, após os tripulantes terem sido salvos pela embarcação particular, não foi identificada, até o momento, poluição no mar devido ao acidente. Ainda não se sabe o que provocou a queda do helicóptero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + oito =