Guerra do tráfico é principal versão do ataque à barbearia em SG

Uma violenta disputa pelo controle dos pontos de venda de drogas é a principal versão da polícia para um ataque, na noite do último sábado, a uma barbearia situada na Rua Otacílio Colares, no bairro do Gradim, em São Gonçalo, que resultou na morte de duas pessoas e deixou outras três feridas. Os criminosos, fortemente armados, estariam em três veículos, sendo dois deles modelo Corola (cores preta e grafite). Uma das vítimas morreu no local.

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na noite deste sábado (dia 6), equipes do 7° BPM (São Gonçalo) foram acionadas para verificar uma ocorrência envolvendo disparos de arma de fogo na Rua Otacílio Colares, no Gradim. Chegando ao local, os policiais constataram que quatro homens e um menor foram atingidos na porta de uma barbearia. Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos de imediato e as outras quatro foram socorridas por populares ao Posto de Saúde de São Gonçalo. Destes socorridos, um também não resistiu. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e itaboraí (DHNSG) foi acionada para registro do fato”, informou a nota oficial.

Agentes da DH estão em busca de imagens de câmeras de segurança pisionadas na região para poder identificar os assassinos, além de testemunhas da ocorrência que estão sendo arroladas. A vítimas baleadas são um menor de 16 anos, Gustavo José da Silva, de 25 anos, Welligton Pereira Brito, de 22 anos, e um adolescente de 17 anos. Carlos Eduardo Souza Silva, de 20 anos, morreu ao dar entrada na Emergência do Pronto Socorro. Duas das vítimas foram transferidas para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 1 =