Guardas Municipais de Rio Bonito concluem curso de capacitação

A Guarda Municipal de Rio Bonito passa a ocupar o patamar de destaque no quesito qualificação. O efetivo da corporação concluiu o curso de Gestão de Qualidade do Atendimento ao Cidadão, além do curso, teórico e prático, de tecnologia para a utilização de armas não letais de dispositivo elétrico incapacitante (Spark). A corporação recebeu a certificação, que reconhece o nível de excelência em formação e modelo de gestão do Programa de Gestão pela Qualidade (PGQ) do Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos (CESDH), na manhã de ontem, em solenidade no Centro Administrativo da prefeitura, que seguiu todas as normas e protocolos de prevenção ao contágio da Covid-19 e contou com a presença do prefeito Leandro Peixe e do secretário de Segurança e Ordem Pública, Rafael Sodré.

O curso para o emprego de tecnologias de armamentos não letais é recomendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), pelo Ministério de Justiça e Segurança Pública e pela Organização das Nações Unidas, através das suas convenções. O curso habilitou os guardas municipais a fazerem o uso de pistolas elétricas incapacitantes e de espargidores de gás de pimenta, também chamados de instrumentos de menor potencial ofensivo (IMPO). Os agentes podem usar armas de potencial ofensivo não letal para evitar ações de agressão ou incapacitar temporariamente pessoas em flagrante, como taser, gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

A entrega dos certificados individuais e institucional do Programa de Gestão de Qualidade de Atendimento ao Cidadão (PGQ) aos guardas municipais está alinhado ao que preconiza a 16ª meta do milênio da Organização das Nações Unidas (ONU) que é a “eficiência das instituições no atendimento à população”, ficando como marca registrada de política de governo da atual gestão, de acordo com Portaria Municipal nº 477, de 12 maio de 2021, que orienta a formação continuada dos agentes.

Segurança Pública – Rio Bonito vem se debruçando nesta questão da segurança pública, principalmente no sentido de usar, de forma mais ampla, o efetivo da Guarda Municipal. De acordo com o prefeito, o objetivo principal dessa iniciativa é oferecer uma formação continuada aos seus agentes por meio da participação em cursos teóricos e práticos.

“O efetivo da guarda municipal é composta por agentes de segurança pública voltados a servir e proteger o maior bem que o município possui que são as pessoas. Esses cursos de qualificação e de utilização dos instrumentos de menor potencial ofensivo, traz uma segurança a mais nas ações tanto para o agente que o utiliza, quanto para a preservação da integridade da pessoa humana. E o nosso trabalho e dar condições para que a qualidade e a eficiência deste trabalho seja cada vez melhor”, afirmou o prefeito.

Guarda diferente – O secretário de Segurança e Ordem Pública, Rafael Sodré, explicou que a realização de cursos de qualificação e aperfeiçoamento, além de aquisição de novos equipamentos, representa um avanço para a corporação no trabalho diário nas ruas no atendimento à população.

“O nosso compromisso é fazer uma guarda bem diferente da que encontramos. Um efetivo mais bem preparado, comprometido e eficiente, sempre buscando melhorar quanto servidores da segurança pública”, garante o secretário de Segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro − 1 =