Guarda municipal é assassinado a tiros em São Gonçalo

Um guarda municipal de São Gonçalo foi morto após ser baleado, na noite desse domingo (2), no bairro do Arsenal. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Ainda de acordo com a PM, uma equipe do 7º BPM (São Gonçalo) foi acionada por volta das 21h45 de domingo. O guarda, identificado como Rodrigo Santos Soares, de 41 anos, havia sido atacado com vários tiros na Rua Clodomiro Antônio da Costa.

Os militares informaram que, quando chegaram ao local, a vítima ainda estava viva. Rodrigo foi socorrido pelos agentes ao Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), no Colubandê, também em São Gonçalo. A unidade de saúde confirmou a entrada do paciente ainda durante a noite.

A vítima foi encaminhada à sala de cirurgia, mas acabou morrendo, já na madrugada de ontem (2). O corpo será encaminhado ao instituto Médico Legal (IML) da cidade, no bairro de Tribobó. Até o momento, não há informações sobre velório ou sepultamento. Rodrigo deixa esposa e uma filha.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG). A perícia foi acionada ao hospital. Segundo relatos de testemunhas, coletados no local do crime por PMs, vários bandidos passaram pelo local, atiraram contra o guarda e depois fugiram.

Leia a nota da Prefeitura de São Gonçalo:

“A Prefeitura de São Gonçalo lamenta a morte violenta do guarda municipal Rodrigo Santos Soares e seguirá acompanhando o desdobramento do caso, prestando todo o apoio necessário, na certeza de que as forças policiais irão elucidar esse crime e prender os criminosos. A Prefeitura se solidariza com a família do guarda neste momento de dor e se coloca à disposição.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.