Guarda Ambiental reintegra capivara à natureza em Niterói

Moradores do condomínio Ubá IV em Itaipu, Região Oceânica de Niterói, receberam uma visita diferente na tarde desta segunda-feira (14): uma capivara. Com cerca de 40 quilos, mansa e em perfeito estado de saúde, o animal não se intimidou e aproveitou o calor e a ausência dos donos de uma das casas para nadar na piscina. Foi resgatada por integrantes da coordenadoria ambiental da Guarda Municipal de Niterói e reintegrada novamente à água, só que desta vez ao seu habitat natural. O local escolhido para a volta do animal a natureza, foi o Canal de Camboatá, em Itaipu.

Por volta das 13 horas, funcionários do condomínio de casas localizou a visitante inesperada na piscina. Eles acionaram o resgate através do número 153 que atende no Centro Integrado de Segurança (Cisp).

A coordenadoria ambiental da Guarda já resgatou mais de mil animais silvestres na cidade apenas neste ano. Entre as espécies estão às capivaras corujas, gambás, tartarugas, cobras, gavião bicho-preguiça, e tamanduá, entre outros. Depois de contidos e capturados, os animais passam por uma avaliação e, caso estejam bem, são reintegrados à Unidade de Conservação mais próxima. Em caso de ferimentos ou estado geral debilitado, são encaminhados para instituições parceiras como o Cetas, Centro de Atendimento de Animais Marinhos, Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) de Campo Grande ou Instituto Vital Brazil, se for alguma espécie de cobra venenosa.

“Quando chegamos no condomínio ela já havia saído da piscina. Nos aproximamos com todo o cuidado para que ela não se machucasse e ela se manteve calma. Fizemos uma avaliação e a capivara estava muito bem. Soltamos o animal no Canal de Camboatá, um habitat onde já reintegramos outras de sua espécie. Ela se adaptou facilmente”, explicou o guarda Jociley Pereira, que comandou a patrulha ambiental.

A Guarda recomenda que moradores sempre acionem o socorro ao se depararem com animais silvestres e nunca toquem no animal. O resgate pode ser acionado através do número 153.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *