Guarda Ambiental comemora oito anos

A Guarda Ambiental de Macaé, vinculada à Secretaria municipal de Ordem Pública, completou oito anos nesta quinta-feira (21). Desde 2007, funcionava como Coordenadoria Ambiental e, em 21 de setembro de 2012, foi criada por meio da Lei 3.889/2012. Seus agentes atuam no combate à caça e pesca predatória, resgate de animais selvagens, busca e salvamento em regiões de matas, combate a incêndios e desmatamentos florestais e busca e salvamento em desastres naturais. Nesta manhã de quinta, os agentes da Guarda Ambiental, juntamente a Secretaria de Ambiente, tiveram mais uma missão: resgatar uma tartaruga-de-couro, próxima ao Aeropoint Beach, no Parque Natural Municipal da Restinga do Barreto.

De acordo com informações do Guarda Ambiental, Jornanes de Souza, o animal foi encontrado morto por volta das 5h30min. Tinha dois metros de comprimento e pesava meia tonelada. “A tartaruga será encaminhada ao Centro de Triagem de Animais (CTA), em Cabo Frio, onde passará por análise”, explicou.

O guarda ambiental explica, ainda, que a tartaruga-de-couro é uma espécie em extinção. O animal também é conhecido como tartaruga-gigante e pode chegar a 700 quilos e dois metros e meio de comprimento. “Somente este ano, realizamos 112 resgates de animais e combatemos 32 focos de incêndios”, acrescentou.

Essa espécie de tartaruga é encontrada em oceanos tropicais e temperados em todo o mundo. No Brasil, elas vivem nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Atividades para comemorar aniversário
Para lembrar os oito anos de atuação da Guarda Ambiental, a coordenadora de Educação Ambiental, Raquel Giri, conta que foram realizadas várias atividades.

“Para lembrar a data e também em comemoração ao Dia da Árvore realizamos mais uma etapa do Projeto Resgatando o Passado e Semeando o Futuro, em parceria com alunos da Escola Carolina Curvello Benjamim, no Trapiche, na quarta-feira”, contou.

Ela acrescentou, ainda, que o objetivo da atividade foi proporcionar aos alunos uma visão ambiental de práticas do cotidiano, que possam ser transmitidas para os seus familiares, e também aplicar esses conhecimentos em seu dia a dia.

“Dessa forma, formaremos uma geração mais consciente e disposta a trabalhar pela melhoria do meio em que estão inseridos”.

Guarda Ambiental
Cabe ao grupamento da Guarda Ambiental impedir atividades como poluição das águas, invasões de áreas ambientais, desmatamento, queimadas e corte irregular de árvores. Os guardas também vistoriam feiras livres com o intuito de impedir a venda de animais silvestres e os devolve ao habitat natural. Equipamentos como gaiolas, redes e alçapões são apreendidos e destruídos.

Denúncias
O cidadão que desejar fazer alguma denúncia sobre crime ambiental ou focos de incêndios basta ligar para o número (22) 99701-9770 ou enviar email para [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *