Grupo realiza passeata pela paz na Região Oceânica

Um basta na violência. Essa foi a mensagem principal na manifestação que moradores da comunidade Maralegre realizaram na tarde desta segunda-feira (12) na Avenida Raul de Oliveira Rodrigues, no Cafubá, na Região Oceânica.

Os manifestantes gritavam frases como “Vidas negras importam” e “Parem de nós matar”. Uma das manifestantes era a líder comunitária Cláudia Fernandes. Ela afirmou que gostaria de ver o lugar com mais tranquilidade.

“A gente só quer um pouco de paz, só isso. Já temos uma vida sofrida por causa das desigualdades e ainda temos que aguentar a violência? Queremos tranquilidade, poder sair de casa para o trabalho, para visitar alguém, oi fazer qualquer outra coisa, sem medo. A gente é pobre, mas somos honestos. Queremos ter nossos direitos e desejamos que eles sejam cumpridos. Um deles é que o nosso lugar seja mais tranquilo, sem violência, onde a criança possa brincar na rua. É isso o que queremos”, desabafa Cláudia.

Foto: Divulgação

Aproximadamente 80 pessoas marcharam desde a rótula do Cafubá até a entrada da comunidade Bonsucesso. Todos eles estavam com camisas e faixas pedindo o fim da violência na região.

A manifestação acontece quatro dias depois da morte do jovem Wagner de Paula dos Santos, de 21 anos, baleado enquanto visitava a mãe, que é moradora da área.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 1 =