Greve dos bancários: negociação continua nesta quarta

Não houve avanço na reunião de terça-feira (27) entre os representantes do movimento grevista dos bancários e o dos bancos, em São Paulo. Isso, porque a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não apresentou nova proposta. Nesta quarta-feira (28), às 15 horas, os dois grupos se reúnem novamente em São Paulo.

Os representantes da Fenaban se comprometeram a apresentar nova proposta para atender às reivindicações da categoria. Então, os grevistas decidirão pela manutenção ou o fim da greve, que já dura um mês em todo o país. Entre as reivindicações dos bancários estão a reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, mais segurança, melhores condições de trabalho.

A defesa do emprego também é prioridade, assim como a proteção das empresas públicas e dos direitos da classe trabalhadora. Segundo o Sindicato dos Bancários de Niterói e Região, cerca de 4.300 profissionais cruzaram os braços desde o início do mês em cidades como Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, entre outras. Em Niterói, correntistas estão se virando como podem utilizando internet, caixas eletrônicos e telefone para transações bancárias básicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *