Gravação do DVD “Samba Social Clube” no Teatro Popular de Niterói

Na terça-feira (22 de novembro) acontece a gravação da segunda edição do DVD “Samba Social Clube – Nova Geração – Vol. 2”, no Teatro Popular Oscar Niemeyer. O evento apresenta ao grande público, a nova geração do samba entre eles: Inácio Rios, Mosquito, Arlindo Netto, Renato Milagres, Mingo Silva, Nego Álvaro e Marcelle Motta. A gravação conta com um time de peso também nas participações especiais, entre elas: Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal e Moacyr Luz. Uma tarde recheada do melhor do samba dedicada ao grande mestre Arlindo Cruz.

A entrada é um 1 kg de alimento não perecível, o montante arrecadado irá – como doação – para as instituições cadastradas no banco de alimentos de Niterói, um grande presente para a cidade que comemora os seus 444 anos.

Zeca Pagodinho, batizado de Jessé Gomes da Silva Filho, nasceu no Irajá em 4 de fevereiro de 1959 e foi criado em Del Castilho. Filho de Seu Jessé e Dona Irinéa, quarto de uma família de cinco crianças, desde cedo já trocava as aulas por uma boa roda-de-samba. Por isso, depois da quarta-série, não quis mais saber de escola. No inicio dos anos 80, Pagodinho começa a se estabelecer como um versador de respeito. Em parceria com o flautista e partideiro Cláudio Camunguelo, teve sua primeira música gravada: “Amargura”. A faixa entrou no repertório do segundo disco do grupo Fundo de Quintal, fundado em 1977 e originário do Cacique de Ramos. A aproximação com o grupo acabou levando Zeca Pagodinho para perto de Beth Carvalho. Foi ela quem gravou seu primeiro sucesso: “Camarão que Dorme a Onda Leva”, que ganhou até clipe no Fantástico. A madrinha ainda gravou “Jiló com Pimenta” (Arlindo Cruz e Zeca). Depois foi a vez de Alcione registrar “Mutirão do Amor” (Zeca, Sombrinha e Jorge Aragão) no LP “Almas e Corações”, de 1983. Depois de cinco anos sem lançar um disco de músicas inéditas, em abril de 2015 Zeca lança seu 23º álbum. Incluindo canções de Monarco, Amir Guineto, Nelson Rufino, entre outros compositores, o projeto reúne 14 faixas.

O Teatro Popular de Niterói fica na Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n no Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 4 =