Granado ganha uma decisão na 19ª Câmara Cível. Mas, Henrique Gomes continua na Prefeitura de Búzios

Wellington Serrano —

Em mais um capítulo da novela da Prefeitura de Búzios, através de mais uma liminar, o prefeito afastado André Granado (MDB) conseguiu ganhar uma decisão na 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), na tarde desta quarta-feira (22), que o afastava do cargo. No entanto, segundo informações, o Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro ainda não determinou que o prefeito retorne como chefe do Executivo. André terá que aguardar a notificação chegar ao prefeito em exercício Henrique Gomes (DEM), que continua no prédio da Prefeitura.

No despacho do desembargador Guaraci de Campos Vianna, ele afirma ter apreciado o recurso da última sexta-feira (17) e suspendeu todas as decisões de primeira instância contraria a decisão. Na semana passada a 3° vice presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, decidiu afastar André Granado de toda e qualquer função pública, sob pena de multa de R$5 mil reais por dia, em caso de descumprimento. A razão da decisão se deu por conta de improbidade administrativa referente ao período em que o mesmo foi secretário de Saúde do Município, na gestão do prefeito Antonio Carlos Pereira da Cunha (2005 a 2008).

Na ocasião, a justiça reteve o passaporte de Granado e determinou que ele não poderá se candidatar a cargo político. A TRIBUNA não conseguiu contato com André Granado. Procurada, a Prefeitura de Búzios disse que aguarda a notificação. Já o prefeito interino Henrique Gomes disse que “esta decisão, com certeza, não irá muito longe”, enfatizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *