Governo não sabe quando entregará novas barcas

Aline Balbino

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Transporte, não faz ideia de quando entregará as outras cinco embarcações que deveriam vir para o Rio de Janeiro. De acordo com a Setrans, das nove embarcações adquiridas pelo Governo do Estado, quatro já estão em operação: Pão de Açúcar, Corcovado e Itacoatiara, de dois mil lugares, e Ilha Grande, com capacidade para 500 passageiros. O Governo do Estado afirmou que está buscando alternativas de fontes de recurso para quitar as demais embarcações. Além de horários reduzidos para a chegada de barcas, passageiros precisam lidar com estações cheias. Isso porque as obras de ampliação da estação Arariboia ainda não acabaram. Em dezembro de 2014 tinha sido iniciado o segundo processo de obras de ampliação.

Assim que estiver pronto, o espaço terá ar-condicionado, 24 roletas com leitura de cartão magnético e atenderá a quatro mil usuários, o dobro da capacidade da atual estação. O terminal contará com um sistema de monitoramento, composto por 18 câmeras conectadas ao Centro de Controle Operacional da concessionária. Toda essa tecnologia, melhoria o transporte de passageiros.

“A gente sempre enfrentou essa dificuldade. Faz tempo que estamos esperando essa obra ficar pronta. Na hora do rush fica todo mundo amontoado ali dentro. O Estado precisa investir nas barcas. Sem contar que pagamos muito caro, não é acessível para todos. Tem que lembrar que muita gente não mora no Centro, acaba pagando duas passagens”, disse a professora Patrícia Bismara.

Novas linhas das barcas
Um estudo feito pela Firjan apontou que novas linhas das barcas poderiam diminuir muito o congestionamento do niteroiense que vai ao Rio. Uma das sugestões seria a disponibilidade de uma ligação entre Araribóia-Itaipu, em Niterói, com potencial para 13,3 mil viagens/dia, equivalente a 4,9 mil veículos, suficiente para desocupar até 4,1 km de vias ao longo do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *