Governo do Rio nomeia papiloscopistas para reforçar perícia

O governador Luiz Fernando Pezão assinou a nomeação de 17 papiloscopistas para repor cargos vagos na Polícia Civil. A medida, publicada no Diário Oficial de ontem, representa um reforço nos quadros da perícia técnica no Estado. A convocação foi autorizada pelo Conselho de Supervisão do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), que definiu o número de profissionais de acordo com os postos abertos desde setembro do ano passado, quando o Rio de Janeiro aderiu ao RRF. A lei que regula o plano de recuperação estabelece que nomeações só podem ser realizadas para recompor vagas abertas após a adesão ao regime.

Os papiloscopistas foram nomeados de acordo com a classificação em concurso público homologado em agosto de 2016. Os demais aprovados, que já realizaram o curso de formação, serão convocados tão logo sejam abertas novas vagas.

Com a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, que suspendeu o pagamento de dívidas do Estado com a União, o Governo do Rio voltou a ter condições de promover a recomposição de pessoal das forças de segurança. Em maio, já haviam sido convocados 1.803 policiais militares e 284 policiais civis, aprovados em concursos. Também havia sido autorizada a realização de um novo concurso para preencher 37 vagas de oficial da PM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 6 =