GM de Rio Bonito capacita agentes para uso de armas não letais

A prefeitura de Rio Bonito deu mais um passo importante no sentido de equipar e qualificar os serviços que são oferecidos pela Guarda Municipal da cidade. A secretaria de Segurança e Ordem Pública organizou um curso, teórico e prático, de tecnologia para a utilização de armas não letais de dispositivo elétrico incapacitante (Spark), realizado nesta segunda e terça-feira (19 e 20/4) no Centro Administrativo da prefeitura, e na Escola Municipalizada Professor Honesto de Carvalho, na Mangueirinha. O emprego de tecnologias e armamentos não letais é recomendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania e pela Organização das Nações Unidas.

O curso foi ministrado pela Condor Tecnologias Não-Letais, habilitou os guardas municipais a fazerem o uso de pistolas elétricas incapacitantes e de espargidores de gás de pimenta, também chamados de instrumentos de menor potencial ofensivo (IMPO). Os agentes poderão usar armas de potencial ofensivo não letal para evitar ações de agressão ou incapacitar temporariamente pessoas em flagrante, como taser, gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

“As tecnologias não letais têm aplicação consagrada pelas forças policiais no controle de distúrbios, em operações especiais, no controle de rebeliões e modernamente no policiamento ostensivo, na proteção do patrimônio e mais recentemente nas áreas de segurança privada e proteção do patrimônio público e privado”, explica o Major da Reserva da Polícia Militar, Ricardo Soares, responsável pela aplicação do curso.

Rio Bonito vem se debruçando nesta questão da segurança pública, principalmente no sentido de usar, de forma mais ampla, o efetivo da Guarda Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =