Gerência de Medicamentos recomenda aprovação das vacinas da Coronavac e Oxford

Durante a reunião da diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o diretor Gustavo Mendes, da Gerência-Geral de Medicamentos da Anvisa, recomendou a aprovação do uso emergencial da Coronavac, “condicionadas ao monitoramento das incertezas e reavaliação periódica”.

As incertezas citadas pelo diretor são o tempo de imunidade e a reavaliação periódica da vacina. Ele exibiu dados apresentados nos pedidos do Instituto Butantan para a Corovac, e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a de Oxford.

Os diretores da agência ainda votarão pela aprovação ou não das vacinas da Corovac e de Oxford.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 7 =