Garotinho é preso pela Polícia Federal

O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), foi condenado pela justiça a cumprir prisão domiciliar e foi preso na manhã desta quarta-feira (12). Com esta decisão, o ex-governador terá que usar tornozeleira eletrônica e ficará impedido de usar telefones celulares e terá restringido o contato pessoal a advogados e familiares próximos.

De acordo com a decisão da justiça, o grupo comandando por Anthony Garotinho continuava cometendo crimes, entre eles, ameaça e destruição de provas. Outro ponto abordado pela justiça faz referência a uma denuncia de tentativa de suborno ao juiz Glaucenir de Oliveira, que estava a frente da operação ‘Chequinho’.

Corre ainda na justiça o processo que condenou o ex-governador em regime fechado por corrupção. Essa decisão ainda precisa ser confirmada em 2ª instância. Segundo a sentença, assinada pelo juiz Ralph Manhães, da 100ª Zona Eleitoral, a prefeitura de Campos, então comandada por Rosinha, Garotinho era o secretário de Governo, desembolsou R$ 11 milhões entre junho e agosto do ano passado num esquema paralelo do programa Cheque Cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *