Garotinho de olho no retorno ao Governo do Rio

O ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho se filiou ao União Brasil na tarde de hoje (29), e mira o cargo de Governador do Estado nas eleições em outubro. O evento ocorreu na Rua do Carmo, no Centro da cidade do Rio de Janeiro. Na semana passada, Garotinho oficializou sua pré-candidatura à vaga de Chefe do Executivo do Rio, no dia 17 de março.

Inelegível em 2018, por causa da condenação na Operação Chequinho, Garotinho discursou se colocando a disposição do partido no pleito deste ano, e deixou em aberto a possibilidade de concorrer ao pleito, ou discutir um possível apoio ao atual governador. No entanto, ressaltou que a gestão atual de Cláudio Castro (PL), é muto confusa.

“Este Governo tem tomado algumas atitudes que são preocupantes. Tem gente que diz que o governador é gente boa, mas quem é gente boa não se cerca de laranjas podres. Ele vai poder trocar o secretariado, então que ele se cerque de pessoas competentes. Não podemos assinar embaixo de coisas que estão acontecendo no estado. Mas se tiver um projeto para o Rio de Janeiro, nós podemos andar juntos. Se o partido precisar de mim, e eu tenho 62 anos, para disputar o Governo do Estado, eu vou!”, garantiu.

Junto do ex-governador estavam a sua mulher, Rosinha Garotinho, que também foi Chefe do Executivo do Rio entre 2002 e 2006, e os filhos, Clarissa Garotinho, pré-candidata a senadora, e o prefeito de Campos dos Goytacazes, Wladmir Garotinho, todos filiados ao partido. Também marcaram presença o deputado federal Hugo Leal (PSD), ex-presidente do Detran-RJ durante o governo de Rosinha e o prefeito de Belford Roxo, Waguinho, que também é presidente do União Brasil. O partido surgiu da junção entre o DEM e o PSL, e terá o maior fundo eleitoral na próxima votação.

Foto: Garotinho discursa para as lideranças políticas presentes no evento – Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.