Brasil chega à 48ª medalha no Rio e garante melhor campanha da história

A quarta-feira (14) foi histórica para a delegação brasileira nos Jogos Paralímpicos do Rio. Ao final do oitavo dia de competições na Cidade Maravilhosa, o Brasil chegou à sua 48ª medalha e confirmou a melhor campanha na história dos Jogos, superando os Jogos de Pequim 2008, quando o time verde e amarelo subiu 47 vezes ao pódio.

Ao todo, restando mais quatro dias de competição, o Brasil já tem 10 medalhas de ouro, 24 de prata e 14 de bronze, ocupando a quinta posição no quadro geral de medalhas, perdendo apenas para as potências China, Grã-Bretanha, Ucrânia e Estados Unidos. Nos Jogos de Pequim, foram 15 ouros, 21 pratas e 22 bronzes ao todo.

Logo pela manhã, o Brasil conquistou o primeiro pódio do dia com Verônica Hipólito, prata nos 100m rasos da categoria T38. O resultado fez o país superar seu número de medalhas dos Jogos de Londres 2012 (43). Depois, à tarde, o 45º pódio brasileiro no Rio veio com Lauro Chaman, no ciclismo de estrada.

À noite, o atletismo brasileiro foi prata no revezamento 4x100m feminino T11-13, em prova que marcou a primeira medalha de Terezinha Guilhermina nos Jogos do Rio. O atletismo do país poderia ter terminado a quarta-feira com uma nova medalha, mas Teresinha de Jesus lesionou-se no aquecimento para os 400m rasos T45-47 e não pôde disputar.

Por fim, as outras duas medalhas do dia vieram da natação. Nos 50m livre da classe S13, Carlos Farrenberg levou uma prata, sua primeira medalha paralímpica, e logo depois viu o revezamento 4×100 masculino garantir uma nova prata com a equipe formada por Daniel Dias, André Brasil, Ruiter Silva e Phelipe Rodrigues.

Nesta quinta-feira, a equipe brasileira tentará manter a ótima campanha com novas disputas por pódio no atletismo (com Daniel Silva e Felipe Gomes) e natação (com André Brasil). Além disso, as seleções de futebol de 5, golbol e vôlei sentado buscam vagas nas finais das modalidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 4 =