Garagem Subterrânea de Charitas é inaugurada

Um mês depois da inauguração do túnel Charitas-Cafubá, o bairro de Charitas recebeu mais uma importante obra que ajudará e muito na mobilidade da cidade. Na tarde de ontem foi entregue à população a Garagem Subterrânea de Charitas, que custou R$ 22 milhões, localizada na orla do bairro, entre as ruas Eurico Manoel do Carmo e Dr.

Armando Lopes. Com 5.000 metros quadrados e 230 vagas de carros, a obra possui ainda vagas para 23 bicicletas e 75 para motos.

Também começou a funcionar ontem no bairro o sistema rotativo de vagas, na Avenida Prefeito Silvio Picanço e na Rua Murilo Portugal, com cerca de 250 vagas para o estacionamento na superfície. Durante a cerimônia, o prefeito Rodrigo Neves lembrou a importância da obra para a cidade, que ficou dois anos embargada, já que uma liminar proibia a continuidade da construção.

“Essa obra é muito importante para a cidade porque ela vai permitir um maior ordenamento na saída do túnel, que é a maior obra da história de Niterói. Agora com essa garagem vai servir de suporte para as pessoas que vierem da Região Oceânica e forem usar as barcas em direção ao Rio. Essa é uma obra de engenharia muito complexa, que contou com a participação da iniciativa privada e hoje o que temos aqui é uma obra linda e muito útil ao município”, comentou o prefeito.

A garagem funcionará das 6h às 23h e terá diária ao custo de R$ 20 para os carros, a partir da quarta hora de estacionamento. O valor da hora é de R$ 5. Para motos, o preço é único, custando R$ 10, assim como para os proprietários de bicicletas, que pagarão apenas R$ 1,25 para utilizar as vagas. 2 - _MAF1815

Feliz com a inauguração da garagem, a quiosqueira Denise Soares, de 45 anos, já sente que haverá um aumento de pelo menos 80% nas vendas do seu quiosque que fica em frente ao estacionamento.

“Estou muito animada, voltei a sorrir. Agora as pessoas irão estacionar aqui embaixo e depois na passagem irão comprar uma aguinha de coco comigo”, comemorou a comerciante.

A construção faz parte do maior projeto de mobilidade urbana já executado na cidade: a TransOceânica, com o Túnel Charitas-Cafubá. Durante a escavação da garagem subterrânea, foram instaladas 690 estacas metálicas e retirados quatro mil caminhões de terra.

Queda nas Barcas
Dois dias depois da inauguração do Túnel Charitas-Cafubá, em maio, a CCR Barcas registrou uma queda de 7,5% no número de passageiros transportados na linha Charitas-Praça XV em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, 3.559 pessoas utilizaram o serviço no trajeto que liga a Zona Sul de Niterói ao Centro do Rio.
No dia seguinte, 3.358 pessoas utilizaram os catamarãs seletivos, o que corresponde a uma baixa de 13,5% em relação a 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 4 =