Fuzis apreendidos iriam para Complexo do Alemão

Augusto Aguiar –

O Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, seria o destino final da remessa de 11 fuzis, apreendida na terça-feira, no Aeroporto Santos Dumont,de acordo com a Polícia Federal. Ainda segundo a PF, um homem receberia R$ 100 para levar o carregamento até a comunidade. As armas foram enviadas de Cascavel, no Paraná, camufladas dentro de uma fritadeira.

Além das armas, a polícia também encontrou dois tabletes de cocaína no meio da carga. Os agentes da PF foram até o setor de cargas com um cão farejador e acompanhados de fiscais da Receita Federal e descobriram a remessa. Cães farejadores deram o alerta. A remessa mais parecia uma encomenda, como tantas outras que passam pela área de carga do aeroporto.

Essa não foi a primeira vez que a polícia fez apreensões de armas em aeroportos do Rio. Em junho do ano passado, no Galeão, a Polícia Civil descobriu 60 fuzis escondidos em aquecedores de piscina. Segundo a investigação, as armas tinham vindo dos Estados Unidos. O carregamento foi enviado por Frederik Barbieri, de 47 anos, conhecido no mundo do crime como senhor das armas. Recentemente, ele foi condenado pela justiça americana a 12 anos e oito meses de prisão por tráfico internacional de armas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *