Fundação Estatal de Saúde é criada em Niterói

Foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial a criação da Fundação Estatal de Saúde de Niterói (FeSaúde), que ficará responsável pela atenção básica (Médico de Família) e a área da saúde mental. Quem ficará à frente como diretora-geral será a enfermeira Anamaria Carvalho Schneider. Até o final do ano um concurso será aberto para completar o quadro de funcionários, composto inicialmente por funcionários remanejados da Fundação Municipal de Saúde.

“Este ano vamos fazer o concurso público para a Fundação Municipal de Saúde e, também, para a Fundação Estatal. Com isso, entraremos 2020 com uma gestão de recursos humanos plenamente encaminhada e superada depois de mais de 30 anos de questionamentos de órgãos de controle interno e de órgãos de controle externo”, declarou o prefeito Rodrigo Neves durante a posse da diretora.

Anamaria contou ainda que há um cronograma de ações de estruturações e normas a ser cumprido para o funcionamento da FeSaúde. “Estamos fazendo os primeiros contatos e as aproximações. Vamos trabalhar com uma boa parte da equipe que já está na Fundação Municipal de Saúde, que poderá integrar a Fundação Estatal. Vamos ver os meios legais de fazer este remanejamento para que a gente possa dar continuidade a esse trabalho. A realização do concurso público será um dos nossos desafios”, pontuou.

Com graduação em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro, e doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Anamaria tem ampla experiência em gestão pública. Já ocupou o cargo de secretária municipal de Saúde da Prefeitura de Resende, foi coordenadora do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, além de subsecretária de Desenvolvimento do Sistema de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio.

“Recebi este convite e aceitei com muita alegria. Niterói é uma cidade que sempre foi um ícone, um expoente na saúde da família. É uma honra poder dar continuidade a esse trabalho muito bom que foi feito desde o início e que tem crescido, amadurecido, e precisa estar de acordo com as exigências jurídicas. Essa estrutura da FeSaúde visa a uma organização de estrutura administrativa dentro de novos parâmetros, que podem produzir maior flexibilidade e maior agilidade nos processos”, explicou a diretora.

A FeSaúde, instituída pelo Município conforme autorização prevista na lei municipal nº 3.133, é uma fundação pública dotada de personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de interesse coletivo e utilidade pública. Sua finalidade, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), é desenvolver ações e serviços do cuidado em saúde, na atenção básica, de acordo com as diretrizes e políticas públicas de Saúde no Município, Estado e União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =