Formação de PMs será ampliada a partir de outubro

A partir de outubro, o curso de formação de policiais militares terá seu currículo ampliado. Inicialmente, 150 PMs serão atendidos. Os soldados terão pela frente 12 meses de formação, sendo dez de aulas teóricas e dois de estágios supervisionados em unidades operacionais da corporação. A disciplina de Polícia de Proximidade é uma das cinco matérias incorporadas ao novo currículo para o aperfeiçoamento da política de pacificação.

O novo curso contará com 32 disciplinas. Nove delas receberam aumento de carga horária. Entre elas estão: Biossegurança e Abordagens de Urgência; Criminalística Aplicada à PM; e Noções de Direito Administrativo.

Outras cinco matérias foram criadas: Tiro de Defesa I e II; Tecnologia Não-Letal; Administração Institucional de Conflitos (técnicas); e Polícia de Proximidade. Três estudos de caso serão inseridos nas abordagens de cada disciplina para relacionar a teoria com as experiências vivenciadas no patrulhamento diário. “Os soldados estarão melhor preparados para atuar na corporação”, afirmou o diretor-geral de Ensino e Instrução da Polícia Militar, coronel Márcio Vaz Lima.

Elaboração de capacitação
Entre setembro de 2014 e março de 2015, o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), com o apoio metodológico da Subsecretaria de Educação, Valorização e Prevenção, da Secretaria de Segurança, coordenou o processo de atualização da formação. Os objetivos foram identificar e realizar os ajustes necessários. Cerca de 100 profissionais participaram da construção do novo currículo.

“Toda a matriz curricular foi elaborada no sentido de formar o policial dentro das competências e habilidades relacionadas às tarefas a serem desenvolvidas após a conclusão do curso”, acrescentou o coronel Márcio Vaz Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 20 =