Forças Armadas fazem operação em São Gonçalo

Cerca de 2.500 militares das Forças Armadas fazem nesta quarta-feira (29) uma operação no Complexo do Salgueiro e no Jardim Catarina, em São Gonçalo. Além disso, militares realizaram patrulhamento e buscas pela Baía de Guanabara, para isso participam 300 homens do Comando do 1º Distrito Naval (RJ) e 12 agentes da Polícia Federal.

Além de blindados e aeronaves, a ação tem o apoio de dois navios e 10 embarcações, sendo uma lancha blindada. O Comando Conjunto realiza cerco terrestre, estabilização dinâmica da área e remoção de barricadas. Os militares fazem revistas de pessoas e de veículos, checam antecedentes criminais e verificam denúncias de atividades criminosas.

No total, estima-se que as ações impactem positivamente um milhão de pessoas, direta e indiretamente, abrangendo uma área terrestre de 32 km² e uma superfície marítima de 61km².

Em meio a operação, as tropas e os agentes efetuam a distribuição de folhetos informativos, solicitando a colaboração da população. São oferecidos dois canais: um telefone para denúncias anônimas (2253-1177) e um e-mail para dúvidas, reclamações, comentários e sugestões (ouvidoria.intervencao@cml.eb.mil.br). A operação, segundo o Comando Conjunto, teria por objetivo impactar positivamente cerca de 1 milhão de pessoas, direta e indiretamente, abrangendo uma área correspondente a 32 quilômetros quadrados (terrestre) e marítima de 61 quilômetros quadrados. O CML informou ainda que o cerco na Baía de Guanabara teve por objetivo reprimir a entrada de drogas e armas através do mar, ato criminoso que já havia sido denunciado as autoridades na área de segurança.

No fim da manhã o CML divulgou o seguinte balanço parcial da operação: 2 óbitos – óbito de criminoso (que atacou a tropa com arma de fogo) e óbito de indivíduo (que furou 2 bloqueios sucessivos e jogou o carro contra a tropa nas duas vezes; encontradas drogas no interior do veículo; 1 fuzil apreendido; 6 pistolas; 11 carregadores; 5 pacotes de munições variadas; 3 coldres; 4 motocicletas; 2 embarcações; 26 embarcações abordadas; 3 ilhas vasculhadas; 3.000 revistas e checagens de antecedentes;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =