Fluminense vence a Chapecoense por 2 a 1 e encosta no G-6 do Brasileirão

Tricolor avançou cinco posições e agora está em sétimo lugar na tabela

O Fluminense entrou de vez na briga por uma vaga na próxima Libertadores ao encerrar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com uma importante vitória. Na noite desta terça-feira (07), a equipe comandada pelo técnico Marcão derrotou a Chapecoense por 2 a 1, na Arena Condá, em Santa Cataria, em jogo válido pela 19ª rodada da competição. Com o resultado, o Tricolor avançou cinco posições e agora ocupa o sétimo lugar na classificação com 25 pontos, a uma posição do G-6. Bobadilla e Luiz Henrique marcaram os gols do tricolor das Laranjeiras. Perotti descontou para a Chapecoense.

Primeiro tempo

O Fluminense começou a partida controlando a posse de bola e trocando muitos passes. A primeira chegada com perigo aconteceu logo aos 5 minutos. Após boa triangulação pelo lado direito, Samuel Xavier levantou na área buscando Bobadilla, mas o goleiro conseguiu se antecipar e fazer a defesa. O Tricolor seguiu pressionando até conseguir chegar ao gol. Aos 9 minutos, Luiz Henrique fez boa jogada individual e rolou para Samuel Xavier cruzar na área. André pegou o rebote da defesa, deu um lindo lençol no defensor e sofreu falta dura na entrada da área, mas o árbitro deu a vantagem e Bobadilla estufou as redes após ficar com a sobra. E o Fluzão queria mais! 

Aos 17, o Time de Guerreiros ampliou o marcador com Luiz Henrique, que subiu mais alto do que todo mundo na primeira trave e cabeceou com muita categoria para o gol após escanteio cobrado por Danilo Barcelos. Aos 35 minutos, Marcos Felipe fez linda defesa após lance de bola parada da Chapecoense. Aos 37, Bobadilla fez o pivô e deu lindo toque de calcanhar para Caio Paulista, que avançou e tentou o passe para Luiz Henrique, mas a defesa conseguiu cortar. Aos 43, Caio Paulista fez boa jogada individual pela esquerda e tabelou com Bobadilla, mas o chute foi bloqueado pela zaga. A sobra ficou com Martinelli, que finalizou para fora.

Segundo tempo

O Fluminense voltou do intervalo se mantendo no ataque. Aos 2 minutos, Caio Paulista arrancou pelo meio e rolou para Bobadilla na esquerda, o paraguaio tentou chutar de primeira e a bola subiu muito. Mas, aos 15, a Chapecoense descontou com Perotti. O Tricolor tentou responder rapidamente e por pouco não chegou ao terceiro gol logo no lance seguinte. Danilo Barcelos cobrou falta na área, Bobadilla subiu muito e finalizou rente à trave. Aos 29, Nene recebeu pelo lado direito, avançou e chutou colocado, mas a bola explodiu na defesa. Na sequência, o Tricolor passou a administrar a vantagem retendo a posse de bola. Aos 48, Nene foi lançado na área, dominou e rolou para o meio buscando Abel Hernández, mas a defesa interceptou e cortou para escanteio.

O Fluminense volta a campo no próximo domingo (12), às 20h30min, quando recebe o São Paulo, no Maracanã, pela 20ª rodada, abrindo o segundo turno do Brasileirão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − dois =