Fluminense renova com Pablo Dyego por mais um ano

A diretoria do Fluminense chegou a um acordo com os representantes do atacante Pablo Dyego, de 24 anos, e o contrato do jogador foi renovado por mais um ano. Ele tinha vínculo com o clube somente até 31 de dezembro e por conta disso estava liberado para assinar pré-contrato com qualquer outro clube. Porém, os dirigentes tricolores se apressaram e o novo compromisso tem valor até 31 de dezembro de 2019.

A renovação de contrato de Pablo Dyego contou com o aval do técnico Marcelo Oliveira, apesar de o jogador não ser considerado titular pelo treinador. Com ele no comando, o atleta foi relacionado para três dos quatro jogos, entrando apenas no decorrer do empate por 1 a 1 com o Vasco.
Pablo Dyego é um jogador revelado nas categorias de base do próprio Fluminense, mas nunca conseguiu se firmar no clube. Acabou sendo emprestado a equipes da Suécia, da Polônia e do Canadá até retornar em novembro do ano passado. Reserva com Abel Braga, era elogiado pelo treinador. Mas assim como Marcelo Oliveira o vê, o antigo técnico parecia entender que se tratava de um atleta de segundo tempo, pegando as defesas rivais mais cansadas. Este ano entrou em campo 20 vezes e marcou três gols.

Com Pablo Dyego, o Fluminense segue a estratégia de tentar prorrogar os contratos com jogadores com vínculo até o fim do ano. Porém, nem sempre teve sucesso. O zagueiro Renato Chaves, por exemplo, não aceitou e foi liberado para acertar com um clube do Oriente Médio.
O Fluminense, dentro de campo, segue se preparando para o confronto da próxima quinta-feira, contra o Defensor do Uruguai, no Maracanã, pela rodada de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O time será escalado no treino desta quarta-feira pela manhã.

Após a concretização da saída do zagueiro Renato Chaves, que viajou para a Arábia Saudita para acertar com o Al Wehda, o Fluminense passou a buscar um defensor no mercado. O técnico Marcelo Oliveira afirmou que os tricolores procuram um reforço para o setor, mas ressaltou a dificuldade para fechar negócio.

“Estamos junto com a diretoria buscando mais um zagueiro, acho que é necessário, inclusive para inscrever na Sul-Americana, que é uma competição muito acirrada na marcação e às vezes você perde jogador com cartão amarelo, suspensão. Estamos monitorando, não é fácil, mas com criatividade vamos conseguir”, disse.

Marcelo Oliveira indicou que o Fluminense pode chegar com um nome, mas não divulgou quem pode ser o novo reforço da equipe na temporada.
“Tem um nome perto, mas prefiro aguardar as negociações. É uma questão mais interna porque pode criar uma expectativa que pode vir a não se concretizar”, declarou.

Antes de Renato Chaves, o Fluminense perdeu os zagueiros Luan Peres e Nathan, que se transferiram para fora do país. O primeiro acerto com o futebol europeu, enquanto o segundo foi para o Japão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =