Fluminense perde para o Internacional com gols nos acréscimos

Em jogo movimentado na noite desse domingo (15), o Fluminense perdeu para o Internacional por 4 a 2, no estádio Beira-Rio, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Essa foi a quarta derrota seguida do tricolor das Laranjeiras no campeonato, sendo essa de forma cruel, levando dois gols nos acréscimos. Com o resultado, o Fluminense vê a pressão aumentar e a crise rondar o clube. Em momento decisivo na temporada, o Tricolor encontra dificuldade para reagir.

O Internacional abriu o placar no início do jogo. Logo aos sete minutos, Cuesta encontrou liberdade para cruzar na medida para Edenílson, livre de marcação, cabecear para o fundo da rede. A situação quase complicou de vez para o tricolor, quando, após erro de passe, o colorado encaixou contra-ataque. Taison driblou Marcos Felipe, mas antes da finalização, viu Nino salvar na pequena área.

O Fluminense, que encontrava dificuldade para criar, chegou ao empate no fim do primeiro tempo. André deu um bolão, nas costas de Cuesta, e deixou Yago Felipe cara a cara com Daniel. Com um toque de qualidade, ele venceu o goleiro e empatou a partida, aos 44 minutos. A virada quase aconteceu dois minutos depois. Yago lançou Abel Hernández, mas Daniel salvou a finalização com pé.

Colorado conseguiu a vitória marcando duas vezes nos acréscimos

O tricolor das laranjeiras começou melhor o segundo tempo, mas parou na boa atuação do goleiro colorado. Aos 11 minutos, Yago passou para Luiz Henrique, que chutou com força, mas viu Daniel fazer grande defesa. A resposta do Inter foi fatal. Aos 13 minutos, Moisés cruzou da esquerda e Yuri Alberto, livre de marcação entre os defensores, completou para fazer 2 a 1.

Após o segundo gol, o Inter ficou mais à vontade em campo. Em contra-ataque, Yuri Felipe ficou cara a cara com Marcos Felipe. O goleiro fechou bem e salvou o Fluminense. Roger Machado fez troca tripla, lançando Matheus Martins, Nenê e John Kennedy. Saíram Yago Felipe, Martinelli e Luiz Henrique.

As mudanças deixaram o Fluminense mais organizado, que chegou ao empate minutos após as substituições. Após cobrança de escanteio, Egídio ficou com a sobra e colocou novamente para área. Nino surgiu livre e fez 2 a 2, aos 38 minutos. Minutos depois, Cuesta quase marcou o terceiro, mas bateu para fora.

Nos acréscimos, o Internacional se lançou ao ataque e Edenílson, aos 47 minutos, cabeceou para marcar o terceiro. O colorado ainda encontrou tempo para marcar o quarto gol, quando Guerrero (que entrou no segundo tempo), aos 49 minutos, não desperdiçou o contra-ataque e sacramentou a vitória colorada por 4 a 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =