Flordelis se defende: “vai na minha casa pra ver como meus filhos são tratados”

A terceira das cinco audiências de acusação, previstas sobre o caso Flordelis, foi interrompida momentaneamente para almoço. Durante a saída da deputada, houve um princípio de tumulto e uma profissional de imprensa afirmou ter sido agredida por um dos seguranças da parlamentar. A jornalista alega ter tido agarrada pelo pescoço.

Flordelis, durante saída da sala de audiências para o intervalo, negou acusações feitas por pessoas que prestaram depoimentos mais cedo sobre maus tratos as crianças que moram em sua casa. “Querida, você acha que esses anos todos se eu fizesse isso…30 anos…o Ministério Público..Isso não existe. Vai na minha casa ver meus filhos como são tratados”, se defendeu, na saída tumultuada.

Em relação aos depoimentos realizados pela manhã, Rogério dos Santos Silva, que teve um relacionamento com Simone, filha de Flordelis, em 2018, afirmou que foi convidado a executar o pastor Anderson do Carmo por sua ex-amante. Simone teria dito que o líder religioso havia a agredido. “A Simone me ligou nervosa. Ela jogou sentimento de raiva e me senti no direito de fazer alguma coisa. Ela perguntou se eu tinha coragem”, afirmou, acrescentando em seguida desistiu de cometer o crime.

Durante a semana, uma adolescente que morava na casa de Flordelis foi levada a um abrigo de menores. A menina publicou na internet imagens em que se auto-mutilou no braço, escrevendo as palavras “eu sou lixo”.

Quando questionada sobre o que houve de fato com a Ágatha, o advogado Anderson Rolembergue, respondeu pela deputada. “Na audiência de hoje foi feita a inquerição da menor Ágatha, que está, por hora, apreendida. Ela sim vai trazer a verdade na próxima audiência. Vocês saberão pela própria o que aconteceu de fato”.

Sobre sua situação no partido, a deputada Flordelis disse que “está trabalhando normal e recebendo muito apoio dos parlamentares e da procuradoria. Brasília tem me abraçado bastante”.

O advogado de defesa da pastora, encerrou dizendo que “Tudo vai ser esclarecido. Ela vai ter o direito de se defender e a verdade vai aparecer em breve”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 20 =