Flávio Ricco: “Gênesis” terá capítulos cinematográficos na Record

Colaboração:  José Carlos Nery

A nova produção bíblica da Record, “Gênesis”, com estreia em 2021, está recebendo tratamento de cinema no seu processo de finalização. Para os dez primeiros capítulos, considerados os mais intensos em função do próprio enredo – fases Céu (Adão e Eva e Caim e Abel), Torre de Babel e Noé e o Dilúvio -, serão necessários muitos efeitos especiais, característicos destas produções.

Já a partir do décimo primeiro episódio, “Gênesis” terá cara de novela mais tradicional, porém sem abrir mãos totalmente dos efeitos.

Como objetivo principal, retratar a criação bíblica da humanidade e grandes eventos, movimentando centenas de atores e profissionais. Serão cerca de 150 capítulos, quase inteiramente escritos. A equipe de roteiristas pretende entregar o pacote no início de setembro.

Vale recordar que os trabalhos foram suspensos em março por causa da pandemia. A equipe, ainda assim, conseguiu realizar gravações no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná e parte no Marrocos antes do mundo quase parar.  

TV Tudo

O time

Recentemente, a Record retomou as gravações de “Amor Sem Igual” nos estúdios do Rio, e prevê reiniciar as de “Gênesis” a partir de outubro. Dirigida pelos irmãos Miranda – Edgard e Leonardo, a trama reúne no elenco nomes como, Zé Carlos Machado, Carlo Porto, Francisca Queiroz, Juliana Boller, Oscar Magrini, Flávio Galvão, Antônia Morais, Caio Manhente, Eduardo Speroni, entre muitos outros.

Paraíso

“Gênesis” terá, sim, muitas inserções de computação. E promete chamar atenção nas primeiras cenas o “Jardim do Éden” com um “look de extrema beleza”, segundo a equipe da novela. Depois que Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller) forem expulsos, o visual passará por mudanças.

A caminho

Michel Teló está a caminho do hexa! Isso mesmo. Se na próxima temporada do “The Voice Brasil”, o participante do seu time vencer o reality show, o cantor sertanejo levantará a “taça” pela sexta vez consecutiva.       

Aquecimento

Marcos Mion já gravou chamadas para a próxima edição de “A Fazenda” e encarou bateria de fotos de divulgação.

Nos próximos dias, irá a Itapecerica-SP, locação do programa, realizar os primeiros ensaios técnicos.

Carinho dos fãs

“Jesus” segue em alta na Rede Telefe, da Argentina, e despertando a curiosidade dos vizinhos em relação ao elenco. Caso de Elisa Romero, atriz com formação teatral, que fez sua estreia em novelas nesta produção  da Record. Intérprete da vilã Temima, ela tem recebido muitas mensagens. Elisa, a princípio, faria apenas alguns capítulos. Só que a personagem agradou e foi em frente. 

(Crédito arquivo pessoal)

No grupo 

O chef Dalton Rangel, atualmente no “Aqui na Band”, também estará no novo programa de Mariana Godoy.

Ele tem participado normalmente das gravações de pilotos.

Ainda não

Fora da Globo, Marcius Melhem diz que ainda não tem nada fechado com ninguém.

Pessoas próximas a ele, no entanto, apostam na sua ida para o streaming.  

De qualquer forma

Internamente, fala-se que o “Fora de Hora”, criado por Melhem, não voltará para uma segunda temporada.

Um novo projeto semanal deverá ser liderado por Marcelo Adnet, em alta no departamento de humor.  

Reprise

Crédito João Miguel Júnior

“Mulheres Apaixonadas”, de Manuel Carlos, começa ser reprisada pelo Viva nesta segunda-feira. A produção aborda  um tema que ainda hoje é preocupante: o caso da violência contra o idoso.

Em recente entrevista ao Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Regiane Alves falou sobre a vilã Dóris, que praticava com os avós esse tipo de abuso.  

Bastidor

“Era muito difícil gravar cenas tão complicadas com pessoas tão boas como os atores Carmem Silva e Oswaldo Louzada. Logo após essas cenas nós nos abraçávamos e conversávamos muito sobre a importância de falar sobre esse assunto”, contou Regiane Alves.

A atriz estará no elenco da próxima “Malhação”.  

Bate-Rebate

       Pouca gente sabe, mas a Globo já tinha todo um material pronto, envolvendo os seus principais artistas, para colocar no ar antes da Olimpíada – que foi adiada…

       … Não se sabe ainda se poderá ser reaproveitado. Parece que não…

       … Aliás, o prejuízo causado pelo cancelamento dos Jogos Olímpicos é incalculável…

       … E, na verdade, ainda há sérias dúvidas sobre 2021.      

       Produção do “Triturando” também teve caso de Covid-19…

       … Uma produtora foi afastada.

       … Já em relação ao apresentador Gabriel Cartolano, foi apenas suspeita mesmo.

       … A grade da CNN Brasil nos finais de semana está em observação…

       … O canal de notícias não consegue se destacar e isso tem preocupado o seu comando…

       … Também na grade diária, alguns reforços não funcionaram.          

C´est fini

A informação nos bastidores da Band é que os investimentos em programação só serão disparados na grade de 2021. Até lá, apenas estreias pontuais, como a de Mariana Godoy.   

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 8 =