Flamengo vence no Maracanã e fica perto da final da Libertadores

O Flamengo deu um grande passo rumo à final da Libertadores. Nesta quarta-feira, os rubro-negros venceram por 2 a 0 o Barcelona-EQU, no Maracanã, no duelo de ida da semifinal. Os donos da casa sofreram com o Barcelona em alguns momentos, principalmente no primeiro tempo. Mesmo assim, o Flamengo foi melhor e marcou os gols da vitória antes do intervalo, ambos com Bruno Henrique. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, em Guayaquil.

O Flamengo começou a partida pressionando no ataque, mas quem criou a primeira chance de gol foi o Barcelona, aos seis minutos. Após cobrança de escanteio, Mastriani chutou para grande defesa de Diego Alves. No rebote, Preciado finalizou para mais uma defesa do goleiro rubro-negro.

O Rubro-Negro só conseguiu responder aos 15 minutos. Éverton Ribeiro roubou a bola do defensor e chutou para boa defesa de Burrai. No rebote, Bruno Henrique mandou pela linha de fundo. Só que aos 21, os donos da casa abriram o placar no Maracanã. Gabigol cruzou na medida para Bruno Henrique cabecear para a rede.



Gabigol e Bruno Henrique comemoram o primeiro gol contra o Barcelona, ainda no primeiro tempo. Foto: Divulgação / CRF

O gol animou o Flamengo, que aumentou a pressão. Só que, mais uma vez, o Barcelona assustou. Mastriani recebeu passe na área, mas errou o alvo para a sorte do Flamengo. A resposta dos cariocas veio aos 33 minutos. Novamente, Gabigol cruzou para Bruno Henrique, que desta vez acertou o travessão. Em seguida, Andreas Pereira também mandou no travessão dos equatorianos.

De tanto insistir, o Flamengo chegou ao segundo gol aos 37 minutos. Em contra-ataque rápido, Vitinho entrou na área e tocou para Bruno Henrique empurrar para a rede.

Na parte final, os rubro-negros viram o Barcelona tentar avançar, mas passaram a aproveitar os espaços. Antes do intervalo, a situação ficou melhor para o Flamengo. Molina recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso deixando os donos da casa em vantagem numérica em campo.

O segundo tempo começou em ritmo acelerado. O Barcelona quase diminuiu com um minuto. Após cobrança de escanteio, Carcelén chutou para grande defesa de Diego Alves. A resposta do Flamengo veio em seguida, em cabeceio de Vitinho que a zaga salvou antes da linha.

Aos poucos, o Flamengo fez valer a vantagem numérica e passou pressionar para aumentar o placar. Na melhor chance, Bruno Henrique recebeu passe na área, mas chutou em cima da zaga.

O Flamengo diminuiu o ritmo com o passar do tempo. Para piorar, nos minutos finais, o zagueiro Léo Pereira foi expulso após dar uma cotovelada em León. Com isso, os cariocas seguraram a vantagem para o duelo de volta em Guayaquil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =