Flamengo vai à justiça contra vendedores de hambúrguer de SG

Um casal morador da cidade de São Gonçalo recebeu uma notificação extrajudicial do Flamengo, na última semana. O motivo é que uma loja de hambúrgueres aberta por eles é temática, comercializando produtos com referências ao rubro-negro, além de ter sido batizada como “Uruburguer”.

A loja funciona na modalidade delivery, ou seja, com entrega a domicílio dos lanches. Na notificação, o Flamengo diz estar sendo prejudicado porque o estabelecimento utiliza, em seus produtos, termos como Flamengo, Mengão e Urubu, sem possuir autorização do clube para tal.

Allex e Roberta foram surpreendidos com notificação do clube – Foto: Reprodução/Redes sociais

Allex Martins, que mantinha o espaço junto de sua companheira Roberta, afirmou que a “Uruburguer” foi excluída de uma das principais plataformas de entregas por aplicativo e não está conseguindo trabalhar. “Nossa loja foi fechada e ainda temos que pagar indenizaçao. Como? Se nem estamos podendo trabalhar? O sonho virou pesadelo”, afirmou.

Entre os lanches estavam homenagens a ídolos recentes do Flamengo, como a dupla de ataque Gabigol e Bruno Henrique, destaques nos títulos da Libertadores de 2019 e Brasileirão de 2019 e 2020. Em meio ao imbróglio, o estabelecimento continua com o funcionamento interrompido. Até o momento, o Flamengo não se pronunciou.

O proprietário da loja afirma contar com o apoio dos clientes para conseguir retomar as atividades. “Obrigado a todos os clientes e amigos que estão nos mandando mensagens de apoio e carinho! Só queremos resolver tudo isso e ter o direito de voltar a trabalhar. Nós não usamos a palavra Flamengo nem o escudo.”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 6 =