Flamengo garante a classificação na Libertadores

O Flamengo contou com o apoio da torcida para vencer por 2 a 0 a Universidade Católica, do Chile, na noite de hoje (17), no Maracanã, pela Libertadores. William Arão e Éverton Ribeiro, os dois de cabeça, marcaram na primeira etapa na boa exibição da equipe de Paulo Sousa. A vitória deixou o Fla como líder isolado, com 13 pontos, classificado para as Oitavas de Final da competição.

O time da Gávea foi empurrado 43.532 presentes no “Maior do Mundo” e começou bem o confronto. Logo aos quatro minutos, Éverton Ribeiro achou Gabigol de cara para o gol, mas o atacante chutou em cima do goleiro Pérez. No lance seguinte, o artilheiro da semana não perdoou. William Arão se desmarcou dentro da área, e aproveitou escanteio cobrado por Arrascaeta, para abrir o placar. Na comemoração, todos os jogadores foram comemorar com Paulo Sousa.

A Católica respondeu com Fuenzalida, que cabeceou com perigo e Hugo apenas olhou. No entanto, o Flamengo estava melhor e criou uma chance atrás da outra. Andreas Pereira teve a chance quando recuperou, tabelou com Gabigol e saiu cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima. Antes do intervalo saiu o segundo. Em boa jogada trabalhada, Matheuzinho colocou na cabeça de Bruno Henrique, que ajeitou para Éverton Ribeiro ampliar.

Nos acréscimos da primeira etapa, o time visitante quase diminuiu depois que Hugo saiu mal do gol e Valencia acertou a trave em um escanteio. O lance aumentou a pressão da torcida sobre o jovem goleiro. Mas foi a última vez que os chilenos chegaram com perigo no Maraca, e virou questão de tempo para sair o terceiro. Gabigol teve várias oportunidades, mas não conseguiu concluir nenhuma vez.

Por fim após mudanças visando descansar alguns titulares na etapa final, o treinador português colocou Pedro, Lázaro, Victor Hugo e João Gomes. E o atacante aproveitou bem os minutos em campo. O camisa 21 marcou o terceiro após driblar o defensor, e chutar forte de esquerda. Garantindo o Flamengo como líder absoluto do Grupo H e colocando o rubro-negro no mata-mata da competição, dando tranquilidade ao trabalho de Paulo Sousa.

Foto: Éverton Ribeiro aproveitou assistência de Bruno Henrique. O atacante se tornou o maior passador da Libertadores, com cinco assistências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.