Flamengo e Fluminense começam a decisão do Campeonato Carioca

O clássico Fla-Flu vai definir quem será o campeão carioca em 2021. A primeira partida da final será neste sábado (15), às 21h05, no Maracanã. O segundo confronto da decisão será no outro final de semana, no dia 22. No duelo de 180 minutos, leva o título quem conquistar o melhor resultado no placar agregado. Em caso de empate, a taça será disputada em cobrança de pênaltis. Neste primeiro jogo, não haverá presença do torcedor devido às medidas restritivas na cidade do Rio de Janeiro por conta da pandemia do novo coronavírus.

Tricolores e rubro-negros são os maiores vencedores do Estadual. Ao todo, o Flamengo soma 36 canecos na sala de troféus do clube, contra 31 do Fluminense. Além da tradição na competição, o duelo em finais envolvendo as duas equipes mostra um equilíbrio. Nas dez vezes que elas já se encararam em uma decisão do Cariocão, cada time conquistou cinco vitórias.

Neste ano o Flamengo busca o tricampeonato, já que nas duas últimas edições (2019 e 2020) gritou campeão. Se isso acontecer, os rubro-negros conquistariam o sexto tricampeonato na história do Campeonato Carioca. Para sequencia do calendário do futebol 2021, o time da Gávea terá alguns desfalques como Gerson e Pedro indo para a seleção olímpica, e Everton Ribeiro e o craque Gabigol lembrados por Tite para a time principal que jogará partidas pelas eliminatórias da Copa.

Já o Fluminense, apesar da força que tem no futebol do estado, vive um jejum de oito anos sem conquistar a taça. A última vez foi em 2012, quando o tricolor se sagrou campeão com duas vitórias contra o Botafogo. Nenê, camisa 77 do Tricolor, destaca a união do grupo de jogadores, fator que, segundo ele, pode fazer a diferença nesta decisão.

“Nosso elenco é muito aguerrido, guerreiro, persistente, unido. Nossa qualidade no dia a dia é provar que podemos fazer a diferença, jogar de igual para igual com grandes clubes. Sempre nos clássicos o time entra muito focado. A base se manteve. Nos clubes brasileiros há muita troca. Difícil manter o entrosamento assim. É um ponto forte nosso. O presidente manteve a base e trouxe peças importantes para encorpar o grupo”, enalteceu Nenê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =