Fla escapa de mais uma derrota com gol de pênalti no fim

No reencontro entre Flamengo e Grêmio após a semifinal da última Taça Libertadores, as equipes ficaram no empate por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a quatro pontos. Já os gaúchos vão a seis. O confronto foi morno na maior parte do primeiro tempo. Só que o Grêmio foi para o intervalo a frente no placar após gol de Pepê. No segundo tempo, o Flamengo só conseguiu o empate nos minutos finais, com Gabigol, de pênalti. Na próxima rodada, o Flamengo terá o clássico contra o Botafogo, na manhã deste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Grêmio volta a atuar no Rio de Janeiro, contra o Vasco, em São Januário.

O Flamengo começou tendo mais posse de bola, mas só conseguiu levar perigo pela primeira vez aos oito minutos. Após cobrança de escanteio, Bruno Henrique cabeceou sobre o travessão. Depois, Éverton Ribeiro fez boa jogada individual, mas chutou pela linha de fundo. O Grêmio buscava os contra-ataques e encaixaram um avanço aos 14 minutos. Alisson foi lançado na área e tentou de bicicleta, mas pegou mal e facilitou a defesa de Diego Alves.

Após o início movimentado, o confronto caiu de rendimento. As duas equipes melhoraram a marcação e impediam os avanços do adversário. O Grêmio chegou a assustar em chutes de longe de Jean Pyerre, mas nenhum acertou o gol de Diego Alves. Somente aos 39 minutos, o Grêmio quase abriu o placar no Maracanã. Após boa jogada, Cortez cruzou, Diego Souza escorou para Alisson. O meia dominou de costas e chutou próximo do gol rubro-negro.

Enquanto o Flamengo errava muito no ataque, o Grêmio aproveitou os espaços para ficar em vantagem no Maracanã, aos 44 minutos. Alisson tocou para Pepê na área. O atacante ficou de frente para Diego Alves e mandou para a rede para deixar os gaúchos a frente no placar no intervalo.

No segundo tempo, quem teve a primeira chance de marcar foi o Grêmio, logo aos dois minutos. Após contra-ataque rápido, Diego Souza recebeu passe na área, mas chutou pela linha de fundo. O Flamengo seguia sem objetividade em campo. Os rubro-negros tinha dificuldade em avançar e ainda viram o Grêmio assumir o controle da partida.

Aos poucos, os donos da casa voltaram a ter mais posse de bola, mas parava na boa marcação gaúcha. Na melhor chance criada pelos cariocas, Vitinho arriscou de fora da área, sem perigo. Em mais um contra-ataque, os visitantes quase ampliaram aos 34 minutos. Isaque fez bela jogada individual e chutou cruzado muito perto da trave.

Quando parecia que o Flamengo sairia de campo com a derrota, o atacante Bruno Henrique chutou e a bola bateu na mão de Kannemann. Após o auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti. Gabigol não desperdiçou e empatou aos 43 minutos para acabar com seu jejum de gols e dar números finais no Maracanã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − onze =