Firjan discute desenvolvimento econômico do Leste Fluminense

A Firjan Leste Fluminense realizou ontem o primeiro Fórum de Desenvolvimento Econômico Regional, que reuniu autoridades municipais e empresários da região para uma discussão sobre o desenvolvimento econômico da região com o objetivo de contribuir por um Rio de Janeiro mais forte, com empresas mais competitivas e um melhor ambiente de negócios. Para o presidente da entidade, Luiz Césio Caetano, o Fórum teve como propósito mostrar como a Federação pode ser parceira, interlocutora e mobilizadora para atuar no desenvolvimento da região.

“É um ambiente permanente de discussão, um espaço de mobilização e engajamento do setor privado com o setor público. Nós estamos aqui, hoje, de portas abertas. Entendemos as dificuldades políticas que as prefeituras têm vivido. Por isso, acreditamos que o caminho para avançarmos é sempre conversando e articulando com os secretários de Desenvolvimento Econômico. Estamos aqui para ajudar e mostrar que é possível acelerar o desenvolvimento socioeconômico”, disse Caetano.

Na ocasião, o gerente de Estudos de Infraestrutura da Firjan, Riley Rodrigues, apresentou a Agenda Regional do Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016-2025 para o Leste Fluminense e mostrou como a iniciativa privada pode ser parceira do setor público através das Políticas Público Privadas (PPPs) e Concessões.

De acordo com Riley é preciso algumas medidas para aumentar a atratividade dos projetos para PPPs e concessões como, por exemplo, adequar a legislação de forma a reduzir os riscos dos empreendimentos, em especial políticos, jurídicos, ambientais e financeiros; e permitir que investidores estrangeiros participem dos processos como líderes de consórcios e não apenas como parceiros minoritários.

Ele destacou, ainda, oito setores na região com potenciais para PPPs e concessões. São eles: educação, gestão de trânsito, iluminação pública, logística, resíduos sólidos, rodovias, saneamento básico e saúde.

O próximo Fórum está previsto para junho. Estiveram presentes Sadionel Oliveira Gomes Souza, prefeito de Itaboraí; Evanildo Barreto, secretário de Desenvolvimento de São Gonçalo; Diego São Paio, secretário de Educação de São Gonçalo; Dimas Tadeu de Oliveira Dias, secretário de Agricultura, Trabalho, Emprego e Renda de São Pedro da Aldeia; Ronaldo Elias de Moraes, secretário de Planejamento de Rio Bonito; Bruno Soares, secretário de Desenvolvimento Econômico de Rio Bonito; Wancler Sidney Rodrigues Marinho; secretário de Desenvolvimento Econômico de Araruama; e a subsecretária de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval de Niterói, Maria Cristina Contreiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =