Final entre FlaxFlu poderá contar com presença do público

Diante do caos que a cidade do Rio de Janeiro vive com a pandemia da Covid-19, e a orientação das autoridades sanitárias é não se aglomerar para evitar a proliferação do vírus, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) liberou a entrada do público na primeira partida da final do Campeonato Estadual da Série A, entre Flamengo e Fluminense, que acontece no próximo sábado (15) às 21h15, no Estádio do Maracanã. Entretanto, a decisão ficará a cargo dos clubes.

O comunicado foi feito pela própria Ferj no fim da tarde desta terça-feira (11), onde o diretor do departamento de competições da entidade, Marcelo Vianna, disse que:

“Estudos foram realizados e mostraram que a venda de ingressos, o controle de acesso e o posicionamento de torcedores no estádio do Maracanã, podem ser realizados respeitando às medidas sanitárias recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS)”.

O Decreto Municipal nº 48.845, de 06 de maio de 2021, indica em seu artigo 6º que as atividades em casas de espetáculo e as apresentações artísticas em espaços de evento poderão ser realizadas desde que sejam observados com rigor, o atendimento às medidas de proteção à vida, a vedação de formação de filas de espera sem a observância do distanciamento necessário e de aglomerações na entrada e saída, além da capacidade de lotação máxima somente com público sentado de 60% em locais abertos, respeitado o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre os participantes.

Marcelo ainda justificou que a presença de público nos estádios pode ser considerada uma atividade de lazer, como acontece em parques e atividades ao ar livre, que estão liberadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro nos termos dos artigos 5º e 6º do Decreto Municipal nº 48.845 de 06 de maio de 2021.

Uma reunião de segurança acontecerá na quarta-feira (12), às 14h, para definir os Planos de Ação e Contingências.

PREFEITURA E GOVERNO DO ESTADO DIZEM NÃO

No entanto, uma reunião nesta quarta-feira vai ouvir as autoridades caso Flamengo e Fluminense (que já se manifestou de forma contrária) sejam a favor. O Corpo de Bombeiros precisa dar o laudo de liberação e seguir o decreto estadual, que é mais rigoroso. No encontro virtual, o percentual de público será sugerido pelas partes interessadas.

A Prefeitura do Rio e o Governo do Estado já se posicionaram, indicando que os jogos com presença de público, na atual fase da pandemia, não estão autorizados. O município do Rio de Janeiro se encontra em “bandeira vermelha”, o que não permite a realização de eventos esportivos com presença de público.

FLUMINENSE É CONTRA A PRESENÇA DE PÚBLICO

O clube disse que, até o momento, não foi comunicado pela Ferj sobre a reunião. Mas “de antemão, o clube reafirma posição contrária à liberação de público nas finais, mantendo, como já faz desde o início da pandemia, o respeito e apoio as restrições determinadas pelas autoridades sanitárias”.




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.