Final da Taça Guanabara será no Engenhão

A grande final da Taça Guanabara será realizada no Nilton Santos. Em despacho de Marcelo Jucá, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), que foi publicado no site da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), ficou decidido que o estádio, que pertence ao Botafogo, é o único apto a receber a final já neste final de semana e deve ser o escolhido para receber decisão.

O documento prevê uma multa no valor de R$ 300.000 caso a decisão seja descumprida pela Ferj. A federação, no entanto, cumpriu a ordem e já marcou a final para o Estádio Nilton Santos.

O principal motivo para que a final seja no estádio é o Maracanã ainda não se encontra em condições de receber uma partida pela precariedade de suas instalações.

“A medida se fez necessária tendo em vista o notório estado de precariedade do Maracanã, não podendo a Ferj marcar esta partida em outra arena, que não seja a Nilton Santos, ainda mais pelo fato de existir regra expressa no regulamento que trata da hipótese dos autos. Sendo assim, concedo a liminar requerida, no sentido de que a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), se abstenha de indicar o Estádio do Maracanã para receber a partida final da Taça Guanabara, sob pena de multa no valor de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), devendo a aludida contenda ser realizada no Estádio Nilton Santos”, afirma parte do documento.

Em reunião realizada nesta quarta-feira na sede da Ferj, que contou com representantes da entidade, do Flamengo, do Fluminense e do Botafogo, houve também a definição de que o Tricolor será o mandante da partida. A decisão foi feita através de sorteio.

Esta definição impacta na questão da presença de torcidas no jogo. Após uma confusão ocorrida em duelo entre Botafogo e Flamengo, no último mês de fevereiro, a Justiça decidiu que todos os clássicos deveriam ter apenas torcedores dos times mandantes.

Com isso, uma audiência marcada para hoje irá tentar anular esta decisão para que a final da Taça Guanabara tenha torcidas mistas, com presença de torcedores do Flamengo e Fluminense. Caso não haja acordo, apenas os tricolores poderão assistir à decisão nas arquibancadas do Estádio Nilton Santos.

Presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, afirmou que irá recorrer da liminar. O posicionamento do mandatário alvinegro se deve à briga ocorrida no último clássico contra o Flamengo, que causou a morte de um torcedor do clube.

Caso seja definido que apenas torcedores do Fluminense assistam à partida, Carlos Eduardo Pereira não irá se opor à realização do jogo. A partida no Estádio Nilton Santos está marcada para o próximo domingo, às 16 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *