Fim de semana com Circuito Niteroiense de Bodyboarding em Itacoatiara

Está confirmada para este fim de semana a 3ª etapa do Circuito Niteroiense G80 Bodyboarding, na Praia de Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói, com início estipulado para às 8h. As previsões indicam que o mar esteja com ondas de cerca de um metro nos dias de competições. As categorias oferecidas serão Sub-16, Open (masculino e feminino), Profissional (masculino e feminino) e Master.

Nesta edição, o evento irá contar com as participações das lendas Marcello Pedro e Cláudio Marques, além de outros ídolos do esporte que irão ajudar a abrilhantar a disputa na orla niteroiense. Com atrações para todas as idades, a iniciativa contará com um aulão de bodyboarding, limpeza da restinga e da praia, corrida de pés de pato, sorteio de brindes e outras ações. 

‘Me sinto um cara privilegiado. Marcar meu nome na história foi uma das coisas que sempre tive como meta. Ter amigos espalhados pelo globo, que com certeza me receberiam de braços aberto, e o melhor, poder passar isso para minha filha e esposa’, disse Marcello Pedro, que depois de anos na estrada acredita que o esporte está sendo encarado de uma forma diferente.

‘Acho que hoje vemos pessoas envolvidas com mais maturidade para levar obradores para um outro patamar. Agora iremos mostrar uma outra roupagem! Somos o Bodyboarding e não o irmão mais novo do Surf’, finaliza Marcello.

Outra lenda que ajudou no desenvolvimento do esporte e que também irá marcar presença na competição, Cláudio Marques lembra do início de sua carreira. O atleta, que ganhou sua primeira prancha em julho de 1980, teve um papel determinante na fundação da primeira associação legalizada do mundo, a AMBERJ.

‘Os campeonatos aconteciam com um número cada vez maior de adeptos. Ajudamos a fundação de associações em outros estados e quando nos demos conta, o Bodyboarding era uma febre em todo o litoral brasileiro’, relembra Cláudio. 

O bodyboarder ainda conta que a primeira vaga para competir em Pipeline foi conquistada em janeiro de 1986, elevando o reconhecimento do esporte em nível internacional e nacional.

‘Passamos a ser reconhecidos como um esporte de alta performance em qualquer condição e tamanho de onda. Tenho muito orgulho de olhar para trás e saber que fiz parte da história do Bodyboarding brasileiro. Foi uma época mágica, onde consegui conquistar tudo que idealizei e sonhei. Graças ao Bodyboarding, conheci lugares incríveis e fiz grandes amigos, com os quais convivo até hoje e sou eternamente grato por tudo isso’, reconhece Cláudio Marques.

Com a promessa de grandes disputas, a expectativa da organização é de que cerca de 130 atletas, com direito a participantes de outros estados e até estrangeiros, ganhem o mar de Itacoatiara na busca pelos títulos das seis categorias em disputa. Nomes como os locais Guilherme Corrêa, Thiago Jatobá e Maria Helena, já confirmaram presença, assim como André Paiva e Guilherme Müller do RJ, além dos atletas de fora da cidade: Gustavo Alba (Argentina), Alexsandro (Macaé), Hugo Pessanha (Farol de São Tomé) entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *