Filho, neta e empregados de Flordelis são alvos de novo inquérito do MP e da polícia

Mais quatro pessoas passaram a ser investigadas pelo Ministério Público e Polícia Civil pela morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal e cantora gospel Flordelis. A justiça também determinou que a intimação para que Flordelis se apresente para colocar tornozeleira eletrônica, que será feita mesmo fora do horário de expediente ou com “auxílio da força policial”.

Os quatro novos alvos são: Gerson, filho de Flordelis, Lorraine, neta, além de Gilcinéia Teixeira, cozinheira, e Márcio Buba, motorista da família. Flordelis foi denunciada pela morte do pastor, em junho do ano passado. A 3ª Vara Criminal de Niterói, através da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, havia determinado, na quinta-feira (1º), a intimação para apresentação de Flordelis para colocar a tornozeleira eletrônica.

A magistrada também havia determinado que os advogados da deputada fornecessem nessa sexta-feira os números dos telefones de Flordelis. O Tribunal de Justiça informou que oficiais não estavam conseguindo intimá-la, nem em Niterói, nem em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 6 =