Filho mata o pai em Camboinhas

Um filho matou o próprio pai, segundo a Polícia, na tarde desta quarta-feira (12) em Camboinhas, na Região Oceânica de Niterói. O homem de 32 anos teria agredido a irmã horas antes, o que motivou a discussão com o pai. A suspeita é que ele tenha tido um surto e esfaqueado o pai. Vizinhos contaram que o rapaz tinha problemas psicológicos e que eram constantes as discussões entre os dois.

Segundo a Polícia Militar, o Departamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do bairro foi acionado para checar os detalhes da ocorrência na Rua Trinta e Seis e, quando agentes chegaram no local, já encontraram a vítima sem vida no chão, próximo a piscina. Vizinhos contaram que a secretária do pai, que é médico, acionou a polícia. O rapaz foi encontrado na casa e preso em flagrante.

“O filho ligou para um amigo do pai, outro médico, e contou que o pai estava sangrando. Então, o amigo ligou para a secretária que, ciente da situação, acionou a Polícia imediatamente”, contou um vizinho.

A suspeita é que o pai tenha ido à residência após saber que o filho havia agredido a irmã. A jovem registrou a agressão – que aconteceu ontem pela manhã – na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam). No final da noite, oficiais de justiça chegaram à casa na tentativa de afastar o rapaz, mas o que encontraram foram as viaturas e um local de homicídio.

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo também foram para o local. O homem foi morto com apenas uma facada. Ainda não há informações sobre os motivos que teriam motivado o crime, mas a Polícia trabalha com a hipótese de surto psicótico. Um sentimento era recorrente por quem passava pela frente da casa: ‘uma tragédia anunciada’.

Muitos falaram que ouviam constantes discussões entre os dois. O pai não morava com os filhos, ele residia em Icaraí. A mãe do casal e esposa da vítima morreu há três meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *