Festival de pipas gera polêmica em São Gonçalo

Em tempos normais, um festival de pipa seria garantia de alegria e diversão não só para criança, mas também para muito marmanjo. No entanto, em meio ao crescente número de mortes causadas pela Covid-19, um evento marcado para o próximo final de semana vêm causando polêmica em São Gonçalo. Pelas redes sociais está sendo divulgado o Festival de Cafifa, marcado para domingo (14), a partir das 10h, no bairro da Trindade. E com direito ainda a desafio de futebol entre as equipes Bqlândia e Panamá FC. Informada ontem, a Prefeitura disse que tomará as medidas necessárias para impedir o a realização, enquanto um dos divulgadores garante que a festa vai acontecer.

O líder comunitário da Trindade, Ricardo Lima de 27 anos, conhecido como Tchetcheco Trindade, é um dos divulgadores do evento. Ele diz que ainda não foi informado sobre o cancelamento do festival, mas acredita que não haverá maiores problemas.

“O poder público nunca esteve presente em nossa comunidade. Para absolutamente nada. Acredito que por ser em um campo de futebol não teria problema de aglomeração. O Campo dos 3 Campos (local marcado como ponto de encontro) é uma área enorme. Na Trindade os jovens mesmo marcam por redes sociais e se encontram e o evento não tem nenhum organizador”, frisou.

O ambientalista Sérgio Ricardo disse que um evento como esse é um absurdo.

“O uso da linha chilena é considerado crime pela legislação. Crianças e animais já se cortaram com essa linha. Os impactos nas aves são imensos”, frisou o fundador do Movimento Baía Viva.

A Prefeitura informou em nota que soube do evento apenas ontem, mas que irá tomar as medidas cabíveis para que o festival não aconteça, já que é ilegal organizar qualquer tipo de aglomeração durante o período de isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − doze =