Festival agita o fim de semana na Lona Cultural de Itaipuaçu

O festival  ‘Maricá Musical’ volta a agitar o fim de semana na Lona Cultural de Itaipuaçu com shows de rock, jazz, blues e MPB. O evento, que teve início na noite de sexta-feira (12), segue com agenda de shows até domingo (14). O evento é gratuito, mas para ter acesso ao local será necessário apresentação do comprovante de vacinação da Covid-19. Na entrada, todos terão a temperatura aferida e é obrigatório o uso de máscara durante todo evento.

“O Maricá Musical” é um projeto para movimentar a cena musical do município, em vários estilos, tendo como aspecto principal a diversidade cultural. A proposta é intervir no panorama estético da música local, como ‘um arquivo vivo da memória das bandas da cidade’, afirmou o secretário de Cultura, Sady Bianchin.

Para abrir o evento, a cantora Rose Lima começa a se apresentar às 19h. Dando continuidade, às 20h a música fica por conta da banda Alma Black, seguindo às 21h com a banda Cogumelo Band. E para fechar a noite, às 22h começa o show da banda Vizinhos de Marte.

A cantora Rose Lima, deixou registrado o seu apreço pela iniciativa do evento e pelo tema de algumas músicas que ressaltam o empoderamento feminino.

“O Blues  ‘Vamos Trocar de Lugar’ fala do poder da mulher e, como cantora, compositora, negra e militante, tenho a expectativa de que esse evento possa levar essa mensagem bem longe com a transmissão dessa música autoral tão significativa para mim e para todas as mulheres”, afirma a artista.

No sábado (13), o festival será dedicado ao Rock. As apresentações começam às 20h com a banda Mamuttes. Em seguida, às 21h, será a vez da banda Ações Táticas subir ao palco, e, para fechar a noite, o público terá o show da banda Roller Coasters, a partir das 22h.

“Mamuttes entra com repertório de canções inusitadas, o que você já ouviu, mas não esperava ouvir. Essa tem sido uma proposta da gente sair um pouco do cotidiano padrão. Minha expectativa é que seja o primeiro show de muitos, Maricá é um polo de música, um celeiro de música e queremos trazer muita diversão”, promete Mauro Fagundes, um dos integrantes da banda.

No último dia do festival, domingo (14), as apresentações – que serão dedicadas ao Jazz – começam mais cedo. A programação começa às 18h, com o show da banda Orquestra Sinfônica Raul L. de Barro, seguido pela banda Aqui Jazz, às 19h. Às 20h, a música fica por conta da banda Cacá Colon Trio, seguido da Guta Menezes Trio, às 21h. Fechando o festival, às 22h, o cantor Wilson Meireles entra no palco e deixa claro que está muito feliz em participar do evento.

“A expectativa para esse show é a melhor possível, eu estou lançando um trabalho autoral que se chama “soul samba jazz”, eu já venho fazendo esse trabalho a mais ou menos 40 anos e eu vou tocar músicas brasileiras, com arranjo de samba jazz, como Moacir Santos, Tom Jobim e algumas autorais. Eu quero parabenizar Maricá por esse vento”, declara Wilson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 18 =