Feira da Agricultura Familiar de Rio Bonito volta a funcionar

A Feira da Agricultura Familiar, fruto de uma parceria entre a secretaria municipal de Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Trabalho de Rio Bonito e a Emater, voltou a funcionar na quarta-feira. A feira foi inaugurada em janeiro deste ano e, antes da pandemia, funcionava toda quinta-feira, das 6h às 14 h, ofertando à população alimentos frescos e de qualidade. Com a suspensão temporária dos serviços, os agricultores familiares de Rio Bonito passaram a utilizar a tecnologia para comercializar os seus produtos.

Quem sempre comprava os produtos diretamente da feira, também podem adquirir aipim, abóbora, chuchu, jiló, pimentão, banana, caqui, além queijo, doces, geleias, batata chip, banana-passa e cachaça artesanal, entre outros, por telefone.

“Toda semana venho aqui na feira. Os produtores são muito educados e os produtos fresquinhos e de boa procedência. Com a paralisação por conta da pandemia, comecei a fazer os meus pedidos pelo telefone e entregavam na minha casa. Estou muito satisfeita com o serviço”, garante a moradora da Cidade Nova, Ana Carolina da Silva França.

Essas vendas das mercadorias produzidas pelos agricultores familiares diretamente ao consumidor foram organizadas pela secretaria de Agricultura e a Emater, através de encomenda realizada por telefone.

“Estou muito feliz, pois hoje estamos retornando com a Feira da Agricultura Familiar. Um trabalho que nós começamos com o projeto Plantando o Futuro em junho de 2019, através da assistência que a Emater-RJ vem fazendo, junto com o nosso maquinário. A “feirinha” é o local onde os produtores escoam a sua produção”, explica a secretária de Agricultura, Daniele Rodrigues.

Barracas convidadas
A Feira da Agricultura Familiar foi toda reformulada por conta da pandemia, que vem impossibilitando que muito produtores, que são idosos, participem da venda dos produtos. A feira vai funcionar toda quarta-feira, durante todo o mês de dezembro. Essa iniciativa, que partiu dos próprios produtores rurais, tem o objetivo de aproveitar essa movimentação que acontece naturalmente na cidade por conta das festas de fim de ano.

“Como muitos não poderão vir por conta da idade, nós abrimos a categoria de Barracas Convidadas. Seja doce, artesanato, cachaça, coisas que são diferenciais do nosso, que não tenha na cidade. Na semana que vem, por exemplo, teremos as cachaças pilão, que também irão trazer os doces e os queijos pilão. Além disso, vamos  ter também a Cooperativa de Produtores da Região Sul, que vai trazer os produtos para complementar a nossa Feira, como tomate, pimentão, couve flor, entre outros, que não são produzidos no município”, afirma a Supervisora Local do Escritório da Emater-Rio, Delaine Arneiro.

A Feira da Agricultura Familiar acontece todas as quartas, de 7h às 14h na Praça da Bandeira, no Centro, em frente ao Mercado Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 17 =