Famílias despejadas da Aldeia Imbuhy estão sem receber o Aluguel Social

Wellington Serrano

O sonho de reverter o processo de reintegração de posse numa área do Forte Imbuhy não tem data para ser realizado. Mas o benefício a que tem direito, o Aluguel Social, que deveria ser pago todo dia 28 de cada mês e nada feito. No entanto, prestes há completar dois meses, famílias que foram despejadas da Aldeia Imbuhy, estão sem receber os R$ 400. Sem condições de pagar o aluguel, na manhã de ontem, cerca de 30 pessoas ficaram na porta da Prefeitura de Niterói para cobrar o benefício.

Ainda no fim da manhã, a Prefeitura de Niterói recebeu três representantes das famílias entre eles o vereador Leonardo Giordano (PCdoB), que atuou como um mediador para acelerar os direitos e o aluguel social para algumas pessoas que não tiveram acesso. “Houve casas para algumas pessoas e há casos específicos, não sei o número de cada tipo”, lamentou o parlamentar que foi responsável, através de projeto, pelo tombamento do conjunto arquitetônico da Aldeia Imbuhy.

Segundo um dos representantes dos moradores, Ailton Navega, alguns não tem como pagar o aluguel. “Em alguns casos o dono do imóvel está sendo compreensivo, mas todos os dias cobra o dinheiro para saber se já saiu. Meu medo é ver essas pessoas despejadas e não ter onde ficar”, contou Navega.

O Governo do Estado do Rio, através da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, é o responsável pelo pagamento do aluguel social. A assessoria de imprensa da secretaria disse que o aluguel social foi pago até novembro e confirmou que o mês de dezembro está atrasado. Quanto ao número de beneficiários do Forte sem o benefício, a assessoria não informou. Só confirmou que 2.198 beneficiários em Niterói recebem o benefício.

Através da assessoria de imprensa a Prefeitura de Niterói se manifestou e disse que, por não terem feito a prévia marcação da reunião, os representantes foram recebidos pela secretária de Axel Grael, Mariane Thamsten, que agendou um novo encontro entre os representantes das famílias com o secretário Executivo para o dia 30 de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *