Familiares de piloto e copiloto se manifestam em rede social

O acidente que vitimou fatalmente a cantora Marília Mendonça também matou Tarciso Pessoa Viana, 37 anos, que era o copiloto e o piloto, Geraldo Martins de Medeiros. Além do produtor da cantora, Henrique Bahia, e o tio e assessor da sertaneja, Abicieli Silveira Dias Filho.

Pela rede social, a irmã de Tarcisio o chamou de herói.

“Deus nos deu. Deus levou. Bendito seja o nome do Senhor. Até a eternidade, meu mano véi, como te chamava carinhosamente. Quem te conheceu sabe que você era imagem e semelhança de Deus e está na glória com ele desfrutando do que ele acredita do que ele plantava aqui a todos, Deus nosso criador nos promete a vida eterna cremos nisso como cristão. Como a empresa me deu a notícia ‘Nagila, seu irmão foi um herói, ele deu a vida tentou de tudo a prova tá aí a aeronave não se estraçalhou orgulho do meu herói. Piloto Tarciso Pessoa Viana 11/03/1984- 05/11/2021”, escreveu Nagila.

Homenagem que a irmã do copiloto Tarcísio fez para ele

A filha mais velha do piloto, Geraldo Martins de Medeiros, a Vitoria Dias Medeiros, publicou uma homenagem ao pai nas redes sociais. Geraldo, de 56 anos, trabalhava há um ano e meio na empresa aérea que transportou Marília Mendonça e sua equipe na última sexta-feira (5).

Homenagem feita por Vitoria ao pai Geraldo, piloto do avião onde estava a cantora Marília Mendonça e sua equipe

Geraldo Martins de Medeiros
Vitoria e o pai Geraldo
Tarciso Pessoa Viana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =