Família é executada em São Gonçalo

Pai, mãe e uma filha de apenas 10 anos foram executadas, na manhã desta sexta-feira (17) em São Gonçalo. Soraya Gonçalves de Resende, de 37 anos, o marido dela, o advogado Wagner da Silva Salgado, de 42, e a filha do casal, Geovanna Resende Salgado, de 9, foram mortos a tiros por volta 3 horas, no apartamento da família, no bairro Barro Vermelho.

Família morta em São Gonçalo

De acordo com informações da Polícia, não havia nenhum sinal de arrombamento e nada dentro da residência foi roubado. Homens da Divisão de Homicídios de Niterói (DH) estiveram no local, periciando e colhendo informações sobre o crime. Nenhum vizinho escutou qualquer barulho de tiro, além disso, tanto a porta do apartamento, quanto a porta do prédio não estavam arrombadas. Wagner era Diretor-Presidente da Comissão de Eventos e Convênios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Gonçalo.

“É uma tragédia para a instituição e para as famílias das vítimas. Perdi um amigo e um parceiro muito próximo. Uma tragédia sem precedentes. Era filho único e não atuava na área criminal. Não temos conhecimento de nada que possa justificar”, declarou o presidente da OAB de São Gonçalo, Eliano Enzo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *