Família de João Pedro encontra munições de fuzil no quintal da residência e PF realizará perícia

Parentes do adolescente João Pedro, de 14 anos, que morreu no dia 18 de maio, ao ser baleado durante operação conjunta de policiais civis e federais no Complexo do Salgueiro, encontraram munição deflagrada de fuzil calibre 5.56 no quintal da residência onde o jovem foi atingido.

De acordo com informações, no dia 24 de junho o tio do menino aparava a grama no quintal da residência, quando encontrou os estojos de calibre 5.56. Os cartuchos foram encaminhados ao Ministério Público, que acompanha as investigações da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG).

Durante trabalho de perícia realizado anteriormente, a polícia já havia enumerado 64 marcas de tiros em diferentes cômodos. O documento registra que o local não foi preservado pela polícia para a perícia. Há quartos desarrumados e marcas de disparos em diferentes cômodos. O MP já está em poder dos estojos e encaminhará para a Polícia Federal, que realizará trabalho de perícia que poderá dizer se o fragmento recolhido do corpo de João Pedro é compatível com alguma das capsulas recolhidas.  São oito estojos de munições de fuzil e o objetivo será o de comparar com os três fuzis que os agentes que estavam na operação portavam ao invadir a residência.

Numa outra perícia realizada na casa onde João Pedro foi baleado foram encontrados munições de calibre nove milímetros, usada em pistolas, e de fuzil calibre 7.62.  Os fuzis, sendo três de calibre 5.56 e um de calibre 7.62 foram apreendidos para realização de confronto balístico. O laudo informou que houve disparos do interior da casa para fora. Três explosivos e uma pistola foram encontrados no quintal da casa. Além disso, o perito havia encontrado munições de fuzil, de calibre 7,62.

One thought on “Família de João Pedro encontra munições de fuzil no quintal da residência e PF realizará perícia

  • 13 de julho de 2020 em 17:10
    Permalink

    Esse tipo de notícia assusta muito, todos nós estamos precisando de dias de paz, não adianta! Estamos cansados de todo esse caos que estamos vivendo. Diante de tudo isso, não consigo esquecer de fazer minha parte nas urnas, precisamos de alguém que nos represente de maneira justa! Finalmente temos uma “cara nova” na disputa das próximas eleições a prefeitura do Rio. A candidata possui uma gostaria de vida plausível, de infância humilde, batalhadora, tornou-se juíza federal. E nesse ano, abriu mão de seu cargo, para vir candidata, acreditando assim, poder contribuir para a sua cidade, nossa cidade do Rio de Janeiro. https://www.youtube.com/watch?v=JAPAYCnzpP0&feature=youtu.be

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =