Falta de coleta deixa ruas de São Gonçalo cheias de lixo

Aline Balbino

Já virou rotina para os moradores de São Gonçalo a convivência diária com lixo. Eles alegam que há duas semanas não há recolhimento regular feito pela Marquise. Com isso há várias sacolas com excrementos jogadas ao lado de postes. Há ruas com calçadas abarrotadas de lixo, como é o caso da Rua Jaime Figueiredo, no bairro Paraíso. Quem vive no local tem lidado diariamente com ratos e muitos mosquitos. A população teme a proliferação do Aedes aegypti, principalmente nesse período de muito calor. O problema se repete nos bairros Covanca, Vila Laje, Neves, Jardim Catarina e no Centro.

Muitos moradores estão ateando fogo no lixo por medo da aproximação de roedores. E o problema não para por aí. Muitos pedestres que trafegam pela Rua Alberto Torres, em Vila Laje, estão se arriscando passando pelo meio da rua fugindo do lixo e do mau cheiro. Nesta via, próximo ao Morro da Coruja, há um canal abarrotado de esgoto e lixo. O odor é insuportável no local.

“Eu moro aqui e a gente está sofrendo com muitos ratos e mosquitos. Há 12 dias não vejo recolhimento de lixo aqui. Já ligamos para a prefeitura informando do problema, mas ninguém apareceu. Apenas disseram que iam resolver, mas nada”, disse o morador Mário Sérgio Rodrigues.
A Marquise nega que o recolhimento de lixo tenha sido paralisado em São Gonçalo. Devido a dificuldades operacionais no aterro da cidade, a empresa esclarece que foi preciso reduzir a coleta de três para duas vezes por semana em algumas localidades do município. A medida foi necessária porque os problemas no aterro têm gerado atraso no processo de descargamento dos resíduos. A Prefeitura de São Gonçalo foi procurada, mas não respondeu até o fechamento desta edição.

2 thoughts on “Falta de coleta deixa ruas de São Gonçalo cheias de lixo

  • 18 de novembro de 2016 em 11:07
    Permalink

    Bom dia, sou morador de São Gonçalo desde os sete anos, portanto, moro aqui a quarenta e seis anos. Muito triste com o atual momento de minha cidade. Moro, trabalho e estudo aqui, logo, entendo que este tem que ser o melhor lugar do mundo, mas infelizmente nossos governantes não pensam da mesma forma. Como aluno de letras da Faculdade Paraíso, gostaria de saber deste respeitável órgão se poderia enviar um artigo sobre minha querida São Gonçalo, o mesmo possui pouco mais de uma lauda. Desde já, agradeço a atenção, Titto Dassil.

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2017 em 13:46
    Permalink

    Prezados, boa tarde! Sou moradora de São Gonçalo, bairro Trindade, comunico aqui a minha indignação e tristeza, minha rua virou um lixão, devido a redução da coleta, descaso da prefeitura e falta de educação dos moradores sou obrigada a conviver com desejo de lixo irregular no meu portão de casa, mal consigo estacionar meu carro e entrar na minha casa, sem contar com o mau cheiro, aumento de moscas e mosquitos. Tenho uma bebê de um ano. Por favor! Eu imploro me ajudem. Pago IPTU de R$ 400, e uma taxa de luxo de R$ 120, Avenida Cidade de Campos, 311 Trindade. Grata pela atenção.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =