Morre homem com 70% do corpo queimado

Faleceu Luiz Carlos Araújo dos Santos, de 36 anos, que teve 70% do seu corpo queimado em um incêndio ocorrido no último dia 27 em uma casa da Travessa José Agra, na Engenhoca, Niterói. Na residência estavam dois homens e uma criança de apenas oito anos, de acordo com as informações fornecidas pela Polícia Civil. As vítimas foram socorridas no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca. A criança teve alta no mesmo dia, Bruno dos Santos, de 31 anos, foi já foi liberado, porém, Luiz não resistiu ao seu quadro clínico gravíssimo e faleceu. Ele chegou a ser transferido para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II na última sexta- feira (28), segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

Peritos da Polícia Civil estiveram no local na manhã do incêndio e haviam descartado a hipótese do incêndio ter sido criminoso. O fato foi registrado na 78º DP (Fonseca). O fogo teve início na sala da residência e foi controlado por homens do Corpo de Bombeiros de Niterói ainda na manhã do dia do fato.

Conhecido pelo nome artístico de D’Luka Santos, Luiz era rei de bateria na escola de samba União da Engenhoca. O presidente da agremiação, Anderson Canela contou sobre o quanto Luiz era querido pelas pessoas.

“O Luiz era o rei de bateria da nossa escola, algo incomum já que geralmente as baterias tem rainhas. Ele estava na escola desde 2018 como muso e neste ano havia se tornado rei de bateria. Ele possuía um salão de beleza onde as meninas de várias escolas iam se produzir. Era uma referência. Sempre foi uma pessoa muito alegre e disposto a ajudar nas causas sociais. Era por volta das 22h 30 quando eu recebi a notícia. O companheiro dele, o Bruno, saiu do hospital um pouco antes. O filho adotivo deles saiu no mesmo dia”, relatou Anderson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + um =